​Presos fazem motim contra diretor de segurança de presídio, em RO

rebeliaoCerca de 30 presos da Penitenciária Regional de Guajará-Mirim (RO), na fronteira com a Bolívia, iniciaram um motim nessa segunda-feira (21) contra o diretor de segurança da unidade.

Segundo Paulo Soares, diretor geral do presídio, os apenados começaram o motim após o banho de sol, quando se recusaram a voltar para as celas.

Ainda não há registro de feridos e 11 policiais, além dos 20 agentes penitenciários, fizeram a segurança do local.

O diretor do presídio informou que o juiz da 1ª Vara Criminal de Guajará-Mirim foi até a unidade para conversar com os detentos.

A penitenciária, que tem capacidade para 43 presos, possui atualmente 73 detentos.

Os agentes penitenciários que estavam de folga também foram chamados para ir até a unidade.

Fonte: Rondonoticias
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA