5 cidades atingidas pela cheia no AM receberão 16 toneladas de alimentos

defesacivil_amA Defesa Civil do Amazonas enviou, na tarde desta segunda-feira (09), a primeira remessa de ajuda a cidades da calha do Juruá. Envira, Itamarati, Guajará, Ipixuna e Eirunepé estão em situação de emergência e receberão 16 toneladas de alimentos. O avião com a carga partiu do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na Zona Oeste da capital. De acordo com a Defesa Civil, 40 mil pessoas estão sendo afetadas pela enchente nesta região.

O material transportado segue para uma base em Eirunepé, de onde será distribuído para as demais cidades. Além das 16 toneladas de alimentos, serão enviados até terça-feira (10) seis kits de medicamentos e cinco mil frascos de hipoclorito de sódio, para ajudar na melhoria da qualidade da água consumida pela população. Uma embarcação fretada pelo Governo do Estado deve realizar o restante da distribuição de mantimentos.

Monitoramento

Segundo a Defesa Civil, há um planejamento de ações estratégicas para atender os três ciclos de cheia no Amazonas. O primeiro vai de Guajará até Boca do Acre; o segundo compreende Tabatinga até Humaitá; e o terceiro ciclo, de Fonte Boa a Parintins.

O órgão informou que o Alto Solimões está em alerta máximo. Municípios como Benjamin Constant, Tabatinga e Atalaia do Norte já estão sendo castigados pelas chuvas.

Situação de emergência

Cinco cidades da região da calha do Rio Juruá, no Amazonas, estão em situação de emergência em decorrência da subida das águas: Itamarati, Eirunepé, Ipixuna, Guajará e Envira.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA