75% das famílias resistem à doação de órgãos em Rondônia, diz governo

doa_ogaosO governo de Rondônia revelou nesta semana que quase 500 pessoas estão na fila do transplante de órgãos no estado. Deste total, 95 esperam pelo transplante de rins, 300 passam por exames para serem aptos a entrar para o cadastro e mais 100 estão no aguardo do transplante de córneas, segundo a Central de Transplantes de Rondônia.

De acordo com a Central de Transplante, aproximadamente 75% das famílias dos possíveis doadores não autorizam a entrega dos órgãos dos parentes para doação.

É uma resistência que, segundo o governo, contrasta com os avanços e investimentos feitos pelo estado para garantir a segurança e eficiência dos transplantes.

Segundo o coordenador da Central de Transplantes, Alessandro Prudente, as máquinas de perfusão renal fazem parte dos mais recentes investimentos do estado. De 2014 a 2017 foram realizados cerca de 230 transplantes de córneas e 52 de rins.

Neste ano, segundo o governo, foram feitos 40 transplantes de córneas e 12 renais.

Fonte: G1

Deixe o seu comentário