Ação fiscaliza postos flutuantes na orla da capital amazonense

posto-flutFoi deflagrada, na manhã desta quinta-feira (18), a primeira fase da operação Orla Segura, com o objetivo de fiscalizar postos flutuantes de combustível, venda ilegal de combustíveis em estabelecimentos comerciais flutuantes da orla e crimes de modo geral. O foco da operação é na capital amazonense.

De acordo com a Polícia Civil, a ação foi desencadeada pela Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Grupamento de Operações Aéreas (GOA) e 28º Distrito Integrado de Polícia (DIP), além do Batalhão Ambiental e fiscais do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).

Foram vistoriados flutuantes localizados no lago da Colônia Antônio Aleixo, lago do Puraquequara e ‘pontões’ ancorados em frente ao Porto da Ceasa, na Zona Leste de Manaus. “A ação consistiu em averiguar se os estabelecimentos possuíam licença operacional do órgão competente para o funcionamento. Esta primeira fase da operação foi um pontapé inicial para as fiscalizações que também serão estendidas a outras partes da cidade”, informou a delegada Izolda Castro, titular da Dema, por meio de assessoria.

Devem ser vistoriados ainda ‘pontões’ e flutuantes situados na orla na área do Centro de Manaus.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA