Acre pretende imunizar 2,6 milhões de bovinos contra aftosa, diz Idaf

vacinaA segunda fase da campanha de vacinação contra a febre aftosa começou no último sábado (1) em todo o Acre. Segundo o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado (Idaf), atualmente estão cadastrados ao menos 2,6 milhões de bovinos e a meta é imunizar todo o rebanho acreano.

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Jefferson Cogo, nesta segunda etapa da campanha todas as cabeças de gado devem ser vacinadas, e não somente os animais com idade de até 24 meses, como ocorreu na primeira fase.

O criador de gado deve realizar a vacinação do rebanho no período da campanha, adquirindo a vacina nas lojas credenciadas espalhadas na maioria dos municípios acreanos. “Quase todas as lojas aqui em Rio Branco vendem a vacina. Também é possível encontrar no interior, nos municípios de Cruzeiro do Sul e Sena Madureira”, explica o diretor-presidente.

Ainda segundo Cogo, nos municípios isolados como Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Santa Rosa do Purus e Jordão, o Idaf conta com o apoio do Fundo de Desenvolvimento da Pecuária (Fundepec) que está providenciando a entrega da vacina.

“Estamos com a força-tarefa nos municípios isolados, com um grupo formado por médico veterinário, técnico agrícola, agentes vacinadores, que estão indo nesses municípios para realizar as vacinas e cadastros”, ressalta Cogo.

Além de vacinar o rebanho, os criadores devem fazer a declaração nos escritórios do Idaf, levar a nota fiscal e declarar a vacina. Com isso, no prazo de 5 a 7 dias o cadastro fica liberado novamente para movimentação.

Para que a meta vacinal seja alcançada, o Idaf conta com veículos traçados, quadriciclos, além de barcos, com o objetivo de realizar a vacinação assistida aos produtores localizados nas áreas rurais mais distantes.

Ainda segundo o Idaf, o índice de cobertura vacinal está em 98,7%, com isso, o Acre fica entre os 3 primeiros do Brasil em vacinações.

Fonte: G1

Deixe o seu comentário