Adutora da Sabesp rompe e água invade condomínio

adutoraUma adutora da Companhia de Saneamento Básico do Estado (Sabesp) rompeu na região do Capão Redondo, na zona sul de São Paulo, e causou a inundação de um condomínio próximo ao local. A Sabesp garantiu que irá ressarcir os moradores.

O incidente aconteceu no fim da noite dessa segunda-feira, no trecho que fica na esquina da Estrada de Itapecerica com a Avenida Carlos Lacerda, na Cohab Adventista. No momento do rompimento, operários de uma empresa terceirizada instalavam uma nova tubulação na adutora.

A água desceu por um barranco, derrubou o muro e invadiu o condomínio da Cohab. No local, há dois blocos de prédios, com um total de 24 apartamentos. Quatro imóveis do piso térreo ficaram inundados, com a água atingido quase um metro de altura.

Veículos que estavam no estacionamento também foram atingidos pela água. O problema só não foi maior porque os operários que trabalhavam na adutora conseguiram fechá-la rapidamente.

A Sabesp emitiu nota informando que apura as causas do rompimento da tubulação e que os moradores prejudicados serão devidamente indenizados.

O incidente aconteceu em meio a maior crise hídrica da história de São Paulo. O Sistema Cantareira, maior reservatório de abastecimento, fechou a segunda-feira com 10,3% da capacidade – volume que já inclui a segunda cota da reserva técnica (o chamado volume morto, que fica abaixo dos dutos de captação). O segundo volume morto começou a ser utilizado pela Sabesp no último sábado.

Fonte: Band

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA