Aftosa: vacinação segue até 30 de novembro no Acre

vacinaA segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa se estende até o dia 30 novembro na capital acreana. Na fase que se inicia, todas as cabeças de gado devem ser vacinadas, diferentemente da primeira, que era destinada à imunização de animais com idade até 24 meses.

Além de imunizar o rebanho, os criadores precisam atentar para a necessidade de declarar a vacina em um dos escritórios do Instituto de Defesa Animal e Agloflorestal do Acre (Idaf), uma vez que a Guia de Trânsito Animal (GTA) só pode ser emitida quando o produtor não possui irregularidades e a movimentação do gado torna-se inviável quando a vacinação não está de acordo com a determinação.

“Nosso objetivo é manter o índice que já temos alcançado que é de 98.5% de todo o rebanho do estado. Além disso, é muito importante frisar que os produtores, assim que apliquem a vacina, façam a declaração dela para que seja liberado o cadastro no sistema. O último dia para declará-la é 15 de dezembro”, explicou o diretor-presidente da instituição, Jefferson Cogo.

Para manter o controle da cobertura vacinal, o Idaf desenvolve ações com foco preventivo, como é o caso das vacinações assistidas nas regiões de fronteira. O diferencial nessas propriedades é que não há idade vacinal específica por etapa da campanha para imunizar os animais e todos devem receber a vacina duas vezes ao ano. O objetivo é manter saudáveis os rebanhos – cerca de três milhões de cabeças em todo o Estado.

Fonte: Portal Amazônia, com informações da Agência Acre

Deixe o seu comentário