Agricultores estudam produção de chocolate em Rondônia

chocolateO coordenador da equipe técnica da Fundação de Apoio a Pesquisa (Funape), Valdir Alves, que desenvolve a consultoria aos projetos em parceria com a Universidade Nacional de Brasília (UNB), explicou que a agroindústria do PA Padre Ezequiel está em fase de sensibilização da comunidade para a retomada das lavouras de cacau, e tem o apoio da Ceplac e 60 famílias cooperadas.

O PA Margarida Alves já teve seu projeto aprovado e atualmente está construindo a estrutura para a agroindústria dos derivados do leite, com uma capacidade de processamento de 30 mil litros por dia. A equipe estuda a viabilidade de produzir o chocolate como resultado da produção das duas agroindústrias.

O técnico da Ceplac é também empreendedor rural, proprietário da Fazendinha – tradicional ponto de parada dos viajantes pela BR-364 em Ariquemes e Jaru – e produtor de cacau para chocolate agroecológico, voltado para exportação e comercialização em seus pontos de venda.

Em sua visão empreendedora, Deusemínio ressaltou seis pontos que o agricultor familiar deve concentrar sua atenção: produto, preço, ponto de venda, promoção, persistência e paixão. Ele observou que nenhum outro produto tem o poder do cacau.

Fonte: Diário da Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA