ALE realiza sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Conquistas das mulheres em todas as áreas foram destacadas durante os trabalhos

ALE-mulheresSessão solene em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, requerida pela deputada Rosângela Donadon (PMDB), foi realizada nesta quinta-feira (5) pela manhã no plenário da Assembleia Legislativa, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para debater questões relacionadas às mulheres. O Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, foi instituído durante um conferência na Dinamarca em 1910 e oficializado pela ONU em 1975.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Maurão de Carvalho (PP), ao abrir a sessão solene, classificou as mulheres como heroínas por estarem em todos os lugares. “Nosso reconhecimento a todas mulheres que completam os homens. Esta homenagem é mais do que justa, principalmente porque hoje está sendo proposta pela mulher deputada Rosângela Donadon”, destacou.

Antes de prosseguir com a solenidade foi feito um minuto de silêncio pela memória das operárias que morreram numa fábrica que foi incendiada em Nova Iorque como retaliação à manifestação de greve na qual as operárias pediam a redução da carga horária de 16 para 10 horas, equiparação salarial, sendo 1/3 do salário dos homens e tratamento digno no ambiente de trabalho. Logo após foi exibido um vídeo em homenagem às mulheres.

A deputada Rosângela Donadon (PMDB) disse estar satisfeita em poder homenagear as mulheres que hoje estão atuando em todos os campos da sociedade. Fez questão de prestar homenagens às jornalistas que compõem o quadro do Departamento de Comunicação da Assembleia Legislativa, assim como destacou as três deputadas que hoje integram o Poder Legislativo Estadual.

Rosângela Donadon assegurou que, a cada dia, a mulher conquista mais espaço em Rondônia. Disse que a comemoração do Dia das Mulheres é uma grande homenagem, mas não se pode deixar de esquecer que ainda há violência contra a mulher tanto no espaço privado quanto no público. Pediu reflexão pela transformação que lembra esta comemoração, passando a integrar no calendário cultural de Rondônia e historiou a origem do Dia Internacional das Mulheres.

De forma enfática, pediu para que as mulheres ocupem seu espaço. “Todos sabem da minha luta, que é pública, para sair candidata e honrar o nome da minha família. Por isso estou aqui hoje deputada prestando esta homenagem às mulheres”, disse.

A solenidade teve como palestrantes a professora doutora Maria Cristina Victorino de França, vice-reitora da Unir sobre “A Produção Científica da Mulher Rondoniense”; a psicóloga, educadora e psicopedagoga Helena Góes sobre “A Trajetória da Mulher na Política – Perspectiva Histórica e Psicossocial”; a assessora jurídica Maria Cecília Filipini sobre a “A Mulher Indígena”.

A sindicalista Mara Valverde e a professora e advogada Sandra Feliciano, uma das 100 candidatas selecionadas para a viagem sem volta à Marte, usaram a tribuna também para discorrer sobre os avanços alcançados pelas mulheres, os desafios e as políticas públicas que precisam avançar, além de destacar a força e coragem da mulher como profissional, mãe e dona-de-casa.

Fonte: ALE/RO – DECOM

Deixe o seu comentário