Alunos do Pronatec cobram pagamento de bolsa no interior do AC

pronatecUm grupo de alunos do curso de camareira em meios de hospedagem, oferecido pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), por meio do Instituto Federal do Acre (Ifac), em Cruzeiro do Sul (AC), reivindicam a ajuda de custo que deve ser oferecida pelo programa. Segundo eles, o benefício não é pago há mais de dois meses.

De acordo com a estudante Aline Souza Alencar, de 22 anos, o curso iniciou no dia 11 de agosto, com previsão de término nesta quarta-feira (22). Ela conta que nunca recebeu o auxílio que esperava obter em 15 dias após o início das aulas. Ela teme que o curso acabe e os alunos não recebam as bolsas.

“Precisamos desse dinheiro para o transporte e alimentação. No meu caso, ainda tenho que pagar babá para ficar com meu filho e conseguir estudar. Quando me inscrevi já sabia que ia ter essa bolsa e a gente pensava que ia ser algo periódico. É claro que a formação é mais importante, não temos do que reclamar disso, mas o curso está terminando e até agora não tivemos uma posição de quando vamos receber”, desabafou.

A estudante Daiane Silva do Couto, de 20 anos, explicou que o auxílio deve ser de R$11 por dia, por aula participada.

“Queremos uma resposta, pois disseram que no prazo de 20 dias iam enviar um documento e nós íamos receber o dinheiro. O curso já vai terminar e não recebemos nenhuma resposta. Nós procuramos o Ifac e eles falaram que a bolsa ia sair na próxima semana. Eles dão a mesma resposta desde que as aulas começaram”, disse.

Procurada pelo G1, a coordenadora adjunta do Pronatec no Ifac, Aline Silva, disse que o instituto tem prezado para honrar os compromissos na data correta, mas o atraso foi gerado em razão da greve bancária.

“No processo de pagamento a ordem bancária é dada e esse dinheiro vai para a conta dos alunos e eles retiram com o CPF. Eles têm até sete dias para retirar o dinheiro. Essas primeiras parcelas que saíram foi nesse período da greve bancária. Esse processamento tinha saído na sexta-feira, infelizmente, esse dinheiro voltou e teremos que fazer um novo pedido e uma nova demanda”, explicou.

A coordenadora disse ainda que os documentos de todos os alunos estão sendo preparados, e como nos próximos dias acontecem certificações de estudantes, a prioridade será dada àqueles que concluem o curso inicialmente. Ela informou que todos receberão o auxílio.

Fonte: G1

Deixe o seu comentário