Anvisa interdita lotes de fármaco usado no controle de convulsões

anvisaA Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, interditou dois lotes do medicamento Fenitoína 50 mg, usado no controle de convulsões, após resultados insatisfatórios em testes laboratoriais.

A resolução foi publicada nesta quinta-feira (5) no Diário Oficial da União.

Os lotes AY0028/2013 (val.: 09/2015) e AY001/2014 (val.: 12/2015) do medicamento, apresentado em ampolas de 5 ml, devem ser retirados de circulação.

O fármaco é produzido pela Hipolabor Farmacêutica. A empresa informa que se trata de um procedimento normal da Anvisa em relação às indústrias farmacêuticas que atuam no Brasil.

Destaca ainda que “a suposta reprovação de dois lotes de fenitoína 50mg/ml (injetável) foi apenas no teste de aspecto”.

“Todos os outros parâmetros foram aprovados, inclusive o de teor dos princípios ativos, o que garante a eficácia do medicamento. Entre outras razões, tal alteração pode ser causada por armazenagem inadequada”, informa a nota enviada pela Hipolabor.

Por se tratar de interdição cautelar, a empresa já solicitou contraprova e aguarda resultado definitivo. Segundo a farmacêutica, o produto em questão é exclusivo para uso hospitalar e não é disponibilizado em farmácias e drogarias.

Fonte: Bem Estar
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA