#APROVADO | Reforma da Previdência vai corrigir déficit, explica Marcos Rogério em votação no senado

Na noite de ontem (22) na segunda votação do texto base da Reforma da Previdência no Senado Federal, o legislador do Estado de Rondônia, Marcos Rogério (DEM-RO) e liderança dos Democratas no senado naquele período. Fez o anúncio de apoio do partido a matéria relatada pelo seu colega Tasso Jereissati (PSDB-CE), que traz a correção dos déficits futuros no orçamento público, cujo os índices financeiros apontam as margens dos R$ 300 bilhões de reais negativos aos cofres do tesouro nacional.

O senador da república Marcos Rogério repudiou as investidas de matizes ideológicas políticas na votação da Reforma da Previdência. De acordo com o democrata rondoniense, o texto base aprovado neste terça-feira, não é a solução definitiva. Porém, o relatório do senado federal direciona os novos rumos do sistema previdenciário do Brasil, Ou seja, eliminando privilégios para garantir orçamento a saúde pública brasileira. Na atualidade os investimentos na saúde não ultrapassam 10% do orçamento que deveria chegar a sociedade.

Segundo o parlamentar federal Marcos Rogério, o senado está construindo inéditos benefícios para a terceira idade. Principalmente no setor da saúde. Os aposentados do futuro terão saúde pública de qualidade, isto irá acontecer pelos fatores da união entre os legisladores e a população a favor da racionalidade econômica do país. Sobretudo, para Marcos Rogério a aprovação do texto base da Reforma da Previdência garante o interrompimento das perdas orçamentárias bilionárias que o Brasil vem passando com essa antiga previdência.

— Com a aprovação desse texto, o senado corrige os rumos futuros da previdência dos brasileiros — Favorável a reforma da previdência, os Democratas liderados por Marcos Rogério nesta votação, confirmaram apoio incondicional ao Presidente do Brasil Jair Bolsonaro (PSL).

mapping.com.br – Maique Pinto

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA