Associação Yawara de Judô conquista 18 medalhas em campeonato estadual

judoCerca de 22 atletas da Associação Yawara de Judô de Vilhena, foram premiados com 18 medalhas no Campeonato Estadual da modalidade, realizado de 15 a 17 de junho, no Ginásio IFRO, em Ji-Paraná.

De acordo com os senseis, Ana Thomaz e Wilson Lima, o campeonato reuniu 300 atletas dos municípios de Vilhena, Pimenta Bueno, Cacoal, Rolim de Moura, Alta Floresta, Ouro Preto D’Oeste, Jaru, Ji-Paraná, Porto Velho e Presidente Médici.

Senseis, Ana Thomaz e Wilson Lima fundaram a Associação Yawara de Judô de Vilhena em 2013.

“No primeiro dia de campeonato aconteceu a pesagem e o credenciamento, já no segundo dia, aconteceu a competição com a participação de academias de todo o Estado. A Associação conseguiu levar 22 atletas e trouxe para a cidade 18 medalhas, divididas entre ouro, prata e bronze, um número muito significativo. Com esse resultado, percebemos que precisamos só um pouco mais de apoio e incentivo para que os atletas continuem obtendo mais conquistas nas competições”, disse Ana Thomaz em entrevista ao Folha.

Ana explicou que além dos atletas da Associação Yawara, em Vilhena, participaram também, os atletas da Academia Matsubara da cidade de Colorado do Oeste, sendo ambos os únicos a representar a região do Cone Sul no campeonato estadual.

Segundo Ana, esse ano o número de medalhas conquistadas foram maiores do que o ano passado, porque na edição de 2017 participaram do campeonato com poucos atletas devido à falta de transporte.

“No ano passado a Associação foi ao campeonato com um número de atletas bem reduzido. Neste ano com apoio do vereador Ronildo Macedo que conseguiu o transporte levamos 22 atletas. Hoje em dia o que dificulta, é o transporte. Esperamos que nas próximas etapas, a gente consiga levar mais atletas”, explicou Ana.

Conforme o Sensei Wilson Lima, que concordou com Ana em relação à falta de apoio, complementou que a falta de transporte prejudica e limita  a participação de atletas em outras competições realizadas anualmente.

“Se a gente se inscrever em todos os campeonatos, sabemos que não poderemos ir por causa da falta de apoio”, pontou Wilson.

Wilson e Ana destacaram na entrevista, o bom resultado que a Associação obteve na competição em Ji-Paraná. “Foi um resultado muito bom para gente, esperamos que esse resultado sirva de incentivo para que novas pessoas possam nos apoiar, e assim continuarmos dando sequência nesse projeto”, disseram.

PROJETO SOCIAL

O projeto social “Judô para todos” criado em 2013, pelos senseis Wilson Lima e Ana Thomaz da Associação Yawara, atende em média cerca de 100 atletas que treinam em três diferentes locais de Vilhena.

De acordo com os fundadores, quando a iniciativa surgiu, os atletas do projeto social não possuíam nem quimonos, mas pouco a pouco conseguiram se estruturar.

“O projeto social foi colocado diretamente do coração do pai mesmo, de Deus. Nós começamos do nada, os atletas não tinham nem quimono, mas com o decorrer do tempo conseguimos, e hoje eles (atletas) já têm as roupas adequadas. Através do projeto passamos conhecimento e a filosofia do judô, além-claro, da palavra Deus”, disse Wilson.

Segundo os fundadores do projeto, os treinamentos podem ser feitos em três locais diferentes, na academia do professor Alexandre Thomaz, dentro do Park Shopping Vilhena, de terça a quinta-feira, às 19h. Com a Sensei Ana Thomaz no Ginásio da Associação Vilhenense de Voleibol (Avv), nas terças e quintas-feiras, às 18h, e na sede do projeto social, no salão da Igreja “Avivamento Missionário”, localizada na Av. Rondônia, Setor 19, todas as quartas-feiras às 19h e sábados, às 16h.

“É como se fosse uma academia, com opções de treinarem em diferentes lugares. A gente fez isso para atender todas as crianças, porque muitas delas moram longe, aí nós criamos polos para ficar mais perto deles”, explicaram os Senseis.

De acordo com Wilson Lima, para participar do projeto e muito fácil, é só ir aos locais que ocorrem os treinamentos de judô e começar.

Fonte: Folha de Vilhena

 

 

Deixe o seu comentário