AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE IMPLANTAÇÃO DO IFRO EM JARU

audiencia publica ifro jaruA secretaria municipal de educação de Jaru – Semed, realizou na manhã desta terça-feira (04), no auditório do Ministério Público – MP, a terceira Audiência Públicacom o intuito dediscutir a implantação do Instituto Federal de Rondônia – IFRO, no município.

O momento foi de encaminhamentos com decisões concretas, para consolidar o plano de expansão do IFRO, proposto e subsidiado pelo governo federal.

A proposta prevê a construção do Campus convencional, que já vem com recurso próprio orçado em 10 milhões de reais para a execução da obra, com 60 professores, 45 técnicos e 1200 alunos. “Existe uma possibilidade grande de ser aprovado, mas necessita de força politica local e regional para a aprovação junto ao Ministério da Educação”, destacou o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação do IFRO Uberlando Leite.

Segundo o deputado estadual eleito nas eleições de 2014, Lazinho da Fetagro, os benefícios que o IFRO trará para Jaru são imensuráveis. “Por isso que o projeto não pode adormecer, não podemos deixar para depois, as decisões tem que ser imediatas” completou.

De acordo com o vereador Benildo Márcio da Silva o IFRO em Jaru, significa oferta de educação de qualidade.

O secretário municipal de educação Leomar Lopes, falou que avinda do IFRO é um avanço na educação do município. “Esperamos que a população entenda os benefícios que o Instituto Federal pode trazer para a nossa região”, frisou.

Antes de encaminhar o projeto de autoria do executivo municipal, que autoriza a doação do terreno para a construção da estrutura da escola federal, para apreciação e votação no legislativo, outra audiência foi marcada para a próxima segunda-feira (10) onde o será discutido junto à câmara de vereadores.

Atualmente o projeto de doação está sobe análise do Conselho das Cidades.

A reunião contou com a presença de profissionais da educação, servidores municipais, sociedade civil organizada, do pró-reitor de pesquisa e pós-graduação do IFROUberlando Leite e do diretor geral do Campus de Ji-Paraná Vonivaldo Leão.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA