Cachoeira São José é ponto turístico em Machadinho D’Oeste, RO

cachoeiraA cachoeira São José, em Machadinho D’Oeste (RO), distante 440 quilômetros de Porto Velho, atrai centenas de visitantes que buscam lazer e descanso, toda semana. Em meio a pedras e mata nativa, o local é considerado pela prefeitura do município um ponto turístico importante da região.

A auxiliar administrativo, Rute de Souza, mora em Porto Velho e conta que escolheu o local, pela terceira vez, para passar o fim de semana com a família. Já para o vendedor João Paulo Alves, de Jaru (RO), a cachoeira é ponto de diversão com os amigos. “É um lugar para esquecer o estresse da semana. As famílias se divertem e descansam. Da para acampar e curtir a linda paisagem”, afirma.

O secretário de meio ambiente, Hudson Roberto Salomão, diz que a cachoeira São José contribui com a economia do município por causa da pesca e do turismo. “A cachoeira é patrimônio histórico cultural da cidade. As pessoas encontram aqui um lugar para tomar banho nestes dias de calor, e descansar. Com isso, movimentam hotéis e restaurantes da cidade”, enfatiza.

A professora de história Djaíne Mendes, explica que a cachoeira São José faz parte do Rio Machadinho, que deságua no Rio Machado. O povoamento da cidade começou no fim do século XIX, quando os seringalistas subiam o rio no transporte de mercadorias, durante o primeiro ciclo da borracha. “Este trecho do rio dificultava o trajeto, pois as embarcações não conseguiam subir em virtude desta cachoeira”, destaca.

Acesso

De Porto Velho a Ariquemes (RO) pela BR-364, são 200 quilômetros. De Ariquemes, o turista pode seguir pela rodovia 257. São 150 quilômetros até Machadinho D’Oeste, no entanto, há um trajeto de cerca de 50 quilômetros não asfaltados.

Outro acesso é pela BR-364 até o entroncamento de Jaru, quando o turista deve entrar à esquerda na Linha 605. Ao todo, são 245 quilômetros em via de asfalto, saindo de Ariquemes. Em Machadinho, o acesso à cachoeira é rápido, cerca de três quilômetros do perímetro urbano. No local há estabelecimentos que vendem comidas e bebidas.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA