Caerd mapeará novos vazamentos de água na adutora de Ji-Paraná, RO

reuniaoUma reunião entre vereadores, Ministério Público e a Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) aconteceu nesta quarta-feira (7), na sede do Ministério Público, em Ji-Paraná (RO), cidade localizada a 374 quilômetros de Porto Velho. A pauta era a busca de soluções para a crise no abastecimento de água no município. Apesar de um termo de compromisso da Caerd com os moradores existir, desde o último dia 10, os transtornos para a população continuam.

Os vereadores Silvia Cristina (PDT), Edivaldo Gomes (PSB), Joaquim Teixeira (PMDB), Lincoln Astrê (PP) e o promotor de Justiça Pedro Wagner Almeida levaram as reclamações da população do segundo distrito a conhecimento da Caerd. Ficou acordado que todos os envolvidos na reunião estarão em vistoria ao sistema de abastecimento da Caerd, colhendo dados que serão utilizados para a resolução dos problemas.

O diretor técnico da Caerd, Mauro Beberian, disse que a equipe que trabalha na adutora recebeu reforço de mais oito funcionários, sendo 12 ao todo. Arlene Silva, superintendente da Caerd em Ji-Paraná, Arlene Silva, a reunião como produtiva. “Estamos andando pelos bairros São Francisco, Parque dos Pioneiros e outros mais atingidos pela falta de água e mapeando os pontos de correção”, relatou por telefone à equipe do G1.

Na quinta-feira (8), Beberian explicará como o mapeamento será feito, durante entrevista coletiva. O procurador Pedro Wagner recomenda que quem estiver recebendo um mau serviço da Caerd, deve materializar a queixa para que possam cobrar com maior propriedade e também para que a Caerd identifique os pontos com falhas.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA