Candidatos ao governo participam de debate na TV Rondônia

debateOs cinco candidatos ao governo de Rondônia participaram, na noite desta terça-feira (30), de debate realizado pela TV Rondônia, afiliada da Rede Globo, em Porto Velho. No encontro, os candidatos puderam fazer perguntas entre si sobre temas como segurança pública, educação, saúde, usinas hidrelétricas, saneamento básico, dentre outros. Confúcio Moura (PMDB), Expedito Júnior (PSDB), Jaqueline Cassol (PR), Padre Ton (PT) e Pimenta de Rondônia (PSOL) participaram do debate.

Dividido em quatro blocos e considerações finais, o debate durou ao todo 1h40. Contou com perguntas com temas livre e determinado. As regras foram definidas em acordo com representantes de partidos políticos e a ordem dos candidatos ao governo foi determinada em sorteio antes do debate. As perguntas foram feitas em 30 segundos; as respostas, em um minuto e meio. Réplica e tréplica tinham um minuto cada.

Primeiro bloco

O debate teve início por volta das 21h50. Após os candidatos se posicionarem em suas bancadas, o mediador Wilson Kirsche, jornalista da Rede Globo de Televisão, fez a apresentação dos candidatos e explicou a divisão dos quatro blocos, ordem de temas e perguntas definidas por sorteio antes do início do debate.

Jaqueline Cassol iniciou perguntando para Pimenta de Rondônia sobre políticas públicas para as mulheres. A segunda pergunta foi do candidato do PSOL para Confúcio Moura sobre dívidas do governo do estado. Em seguida, Padre Ton questionou a candidata do PR sobre relacionamento com servidor público. Candidato do PMDB fez uma pergunta a Expedito Moura sobre emprego e renda.

Segundo bloco

O segundo bloco foi com temas determinados. O candidato do PT iniciou a rodada de perguntas questionando Confúcio Moura sobre incentivos a usinas instaladas no Rio Madeira. Em seguida, Confúcio perguntou sobre ciência e tecnologia a Pimenta de Rondônia. Segurança Pública foi tema da pergunta da candidata do PR para Expedito Júnior. Jaqueline Cassol perguntou sobre agropecuária para o candiato do PSOL. Ao final do segundo bloco, Expedito Júnior perguntou sobre as usinas hidrelétricas para o candidato PT.

Terceiro bloco

No terceiro bloco do debate da TV Rondônia as perguntas foram realizadas com tema livre. Candidato Confúcio Moura fez a primeira pergunta ao candidato Padre Ton sobre educação. A segunda pergunta, sobre saúde, foi feita pelo candidato do PT para Expedito Júnior. Em seguida o candidato do PSDB perguntou para Padre Ton sobre políticas para cultura. Jaqueline Cassol questionou Confúcio Moura sobre Hospital de Urgência e Emergência de Rondônia.

Quarto bloco

O bloco ficou reservado para questionamentos com temas determinados e às considerações finais, em um minuto. Expedito Júnior iniciou o bloco questionando o candidato do PT sobre políticas de regulação para a saúde pública. Pimenta de Rondônia perguntou sobre educação para Jaqueline Cassol. Padre Ton fez pergunta sobre transporte para o concorrente do PSDB. Habitação foi o tema sorteado para pergunta de Jaqueline Cassol a Confúcio Moura. O candidato do PMDB encerrou questionando a Expedito Júnior sobre emprego e renda.

Considerações finais

Padre Ton: “Queria agradecer as famílias e idosos. Vou defender os servidores públicos e aposentados. Vou reestruturar o estado e resgatar empresas. Fazer diferente de todos os governos e junto com a presidente Dilma, pedindo votos para fazer a diferença em um governo para todos. Desejo uma eleição de paz e de justiça para a sociedade rondoniense”.

Confúcio Moura: “Agradeço aos telespectadores, esse debate é muito importante. Observem a importância da palavra, fisionomia e experiência dos candidatos. Muito já foi feito e vamos o, e que quer continuar governador para fazer muito mais. Pediu ao povo que escolhesse bem, no próximo domingo, os seus candidatos”.

Pimenta de Rondônia: “Chegou a hora da mudança. Queria que o povo que deixasse de votar em políticos profissionais e votar em Pimenta que é um trabalhador. Vamos combater a velha política. Agradeço a minha família e ao povo do estado. Vou fazer auditoria nas contas do governo e melhorar as áreas de saúde, educação, lazer, cultura e outros”.

Expedito Júnior: “Fui injustiçado e ofendido. Garanto que nunca houve dívida junto ao Beron. Agradeço as pessoas que me receberam nas casas e nas empresas onde fiz visitas. Todas as pesquisas apontam pra minha vitória nessas eleições. Vamos para a mudança com políticas inovadoras ao estado”.

Jaqueline Cassol: “Fui ofendida em alguns momentos pelos adversários, mas isso não me abala. Quero resgatar a autoestima e a confiança do povo e valorizar os servidores do estado. Quero principalmente fazer pela saúde e agricultura. Agradeço o carinho do povo”.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA