CARRETA ATROPELA, MATA MOTO-TAXISTA E FOGE SEM PRESTAR SOCORRO

MORRE MOTOTAXIO grave acidente que ceifou a vida do moto-taxista Jerônimo Cassimiro Lima de 51 anos de idade, aconteceu por volta das 21h30min desta quinta feira (20) na BR-364, mais exatamente em frente à cerâmica Alpha zona urbana de Pimenta Bueno.

Segundo informações , o senhor Jerônimo trafegava pela BR-364 juntamente com seu companheiro de trabalho Antonio de Paula Neto que seguia logo trás em outra motocicleta, e ambos tinham como destino o posto de combustíveis Pimentão, onde iriam buscar alguns passageiros.

No momento em que ao chegarem próximo a Cerâmica Alpha, se deslocaram para lado esquerdo da pista, a fim de realizarem uma manobra de ultrapassagem a uma carreta que seguia logo frente.

Após realizar a ultrapassagem, o senhor Jerônimo se desequilibrou e levou uma forte queda ao tentar voltar com sua motocicleta para pista da direita, devido a uma depressão na pista que se encontra em obras.

A carreta que vinha logo atrás ainda tentou frear e desviar, mas não conseguiu parar a tempo, vindo a passar por cima do moto-taxista que estava caído ao chão.

O senhor Antonio ao ver o que tinha acontecido, parou rapidamente sua motocicleta para prestar socorro ao amigo, mas nada pode ser feito.

Segundo o senhor Antônio, o condutor da carreta não parou para prestar socorro à vítima e evadiu-se do local seguindo rumo à cidade de Vilhena.

Vale ainda ressaltar que no local do acidente não havia nenhum tipo de sinalização indicando que a pista estaria em obras, fato este que pode ter contribuído para o acidente.

O senhor Jerônimo era antigo morador de Pimenta Bueno e exercia a profissão de mototaxista a mais de 16 anos.

A Polícia Militar esteve no local controlando o trânsito e colhendo informações que pudessem levar a identificação do condutor da carreta.

Uma equipe da perícia técnica da cidade de Cacoal esteve no local, a logo após o término dos trabalhos periciais o local foi liberado e o trânsito restabelecido.

Fonte: Pimenta Virtual

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA