Cerca de 6,5 mil servidores do Estado terão salários suspensos em RO por falta de recadastramento

palacio-rio-madeira_cpaCerca de 6,5 mil servidores públicos do Estado de Rondônia terão os salários de janeiro suspensos porque não fizeram o recadastramento que foi iniciado em outubro do ano passado, segundo anunciou, na última sexta-feira (12), a superintendência de comunicação do Governo.

A lista com nomes das pessoas que terão os salários bloqueados será divulgada no Diário Oficial do Estado de Rondônia. Segundo a assessoria do Governo, os servidores terão salários bloqueados, mas poderão regularizar a situação logo em seguida ao ato governamental.

Segundo a assessoria, em casos de dúvida, os servidores podem consultar os departamentos de recursos humanos, para receber orientação a respeito de cada caso. Mesmo depois de recadastrado, o servidor deve acompanhar a sua situação pelo portal do servidor.

A determinação governamental do recadastramento, segundo a assessoria, dá cumprimento ao Decreto 22.303, de 29 de setembro de 2017.

planilhaFonte: G1

Deixe o seu comentário