Ciosp registra quase 80 chamados durante vendaval em Rio Branco

vendavalO vendaval que atingiu a cidade de Rio Branco, no início da noite desta quarta-feira (15), derrubou árvores, placas, destelhou algumas casas e até parte da cobertura do Hospital da Criança. De acordo com o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), durante o vendaval, foram registradas no total 78 chamados. Destes, 63 foram relacionados a queda de árvores e 15 de placas danificadas e tampas de caixas d´águas arrancadas.

Segundo o coordenador do Ciosp, major Charles Santos, as maiores ocorrências foram registradas na área central da cidade. “Não tivemos problemas muitos sérios, só algumas árvores derrubadas e tampas de caixas d´águas arrancadas. A maioria dessas ocorrências foi no Centro da cidade e na região da Sobral. Nossas equipes trabalharam para atender todas as emergências”, contou.

O climatologista Alejandro Fonseca explicou ao G1 ainda na quarta-feira (15) que o choque entre temperaturas fez com que o vendaval atingisse Rio Branco. “Estamos no início do inverno amazônico e estava muito calor, enquanto no sul e sudeste do país estamos com uma frente fria. Ou seja, o vento que chegou aqui veio do Sul, o ar mais frio se chocou com o mais quente e sempre que isso acontece gera os vendavais”, pontuou.

De acordo com o climatologista, os ventos que a tingiram a capital ficaram entre 60km/h e 90km/h. Durante o dia, as temperaturas variaram entre 33°C e 35°C. A máxima registrada durante a quarta-feira (15) foi de 35,2°C.

Fonte: G1

Deixe o seu comentário