Confúcio faz pressão em Brasília para iniciar obras do Contorno Norte em Porto Velho

confucio-precionaAcompanhado da bancada federal de Rondônia, o governador Confúcio Moura participou nessa terça-feira (3) de uma audiência com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, com o propósito de pressionar o governo Federal a iniciar a obra do Contorno Norte de Porto Velho.

A extensão do primeiro trecho é de aproximadamente 20 quilômetros e a sua principal finalidade é desafogar o tráfego de veículos pesados no perímetro urbano da Capital, além de escoar a produção do estado. O Contorno começa ao lado do Hospital das Irmãs Marcelinas e prossegue pela Estrada da Penal com destino ao porto.

O governador enfatizou que o Contorno Norte é uma obra extremamente necessária para o Brasil e indispensável para Porto Velho. Segundo ele, diariamente mais de mil carretas carregadas trafegam na avenida Jorge Teixeira, dificultando o transito e provocando acidentes. Com a execução dessa obra, segundo ele, resolve-se também a situação logística dos transportes no perímetro urbano.

O senador Valdir Raupp explicou que é prioridade dar acesso ao novo porto. No local já está sendo concluído o terminal do Porto Chuelo, onde já está sendo feita a terraplanagem e diversas empresas também estão indo para lá. ”O nosso apelo para o ministro é para executar o mais rápido possível o primeiro trecho até o novo porto, depois pode até demorar um pouco mais. É uma obra de aproximadamente R$ 250 milhões, que vai levar em torno de dois a quatro anos para ficar pronta. Mas esse acesso das Irmãs Marcelinas até o porto é prioridade”, disse Raupp.

De acordo com o deputado federal, Lucio Mosquini, o Contorno Norte é uma obra idealizada pelo governador Confúcio Moura, em 2011, que possui infraestrutura compatível para o trafego de carretas. Mosquini assegura que o estado elaborou o projeto, “pequeno e econômico”, mas foi rejeitado em 2012 pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Agora, o novo ministro dos Transportes percebeu que a viabilidade do projeto para ser executado. “Eu diria que é uma das grandes soluções para o trânsito de Porto Velho, a construção dessa rodovia”, enfatizou o deputado.

Ainda segundo Raupp, o posicionamento do ministro é aprovar o projeto assim que for votado o orçamento da União para este ano. “Esperamos que isso seja confirmado nos próximos dias. Depois iremos discutir com a equipe econômica do governo ou com o próprio ministro, se tiver alçada, para já começar a licitar e executar a obra. Vamos conversar até com a presidente da República para que a gente possa bater o martelo com o governador, deputados e demais senadores por Rondônia”, afirmou o senador.

Fonte: Decom

Deixe o seu comentário