Corpo de Bombeiros auxilia nas buscas por aeronave desaparecida em Roraima

mapaBOA VISTA – Duas equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBMRR) auxiliam a Força Aérea Brasileira (FAB) nas buscas pela aeronave que desapareceu no último domingo (26). As equipes seguiram do município de Caracaraí, na manhã desta quarta-feira (29), sentido a região do baixo rio branco para realizar trabalhos por terra na procura de vestígios do avião Cessna U206G, matrícula PP-FFR.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alexson Mamed afirma que familiares e colegas de trabalho do técnico em enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU); que estava a bordo da aeronave desaparecida em companhia do piloto, uma mulher com complicações no parto, um bebê recém nascido e uma grávida de nove meses; solicitaram apoio nas buscas, pois sabem que a região do baixo rio branco é de mata fechada e o trabalho por terra pode agilizar o processo.

De acordo com o coronel Alexson Mamed, as duas equipes enviadas à missão são formadas por cinco bombeiros, um médico do Samu e mais três bombeiros do município de Caracaraí que se uniram a equipe. O coronel afirma que profissionais percorrerão o curso do baixo rio branco em dois barcos, sendo um para apoio no transporte de alimentos, combustível, dentre outros materiais e o outro conduz a tribulação.

Memed ressalta que o trabalho do Corpo de Bombeiros e Samu são apenas de auxilio. “Nós nos comprometemos com os familiares dos desaparecidos a ajudar nas buscas, mas é preciso destacar que o trabalho é complementar. As buscas pela aeronave são feitas pelos militares da Força Aérea Brasileira”, contou. Ainda conforme o comandante-geral, o trabalho é complicado, devido não possuir informações precisas do que ocorreu com o Cessna U206G.

Informações de que a aeronave se encontrava com problemas de manutenção foram descartados pelo chefe da Casa Militar, coronel Amaro Junior. De acordo com o coronel, a aeronave do governo do Estado de Roraima, passou por uma revisão na cidade de Manaus há menos de duas semanas, caso algo tivesse sido apresentado, o piloto não teria decolado. Ainda conforme Amaro Junior, até o momento nada foi encontrado e que o próximo boletim informativo deve ser aguardado.

Caso

Uma aeronave de pequeno porte, que saiu da Vila Santa Maria do Boiaçú, região do Baixo Rio Branco, localizada no município de Caracaraí, desapareceu no último domingo (26). O modelo Cessna U206G, matrícula PP-FFRR pertence ao governo de Roraima. De acordo com o chefe da Casa Militar, coronel Amaro Junior, o avião transportava quatro passageiros a bordo quando perdeu contato com a base de comando.

Conforme a assessoria de comunicação da Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave decolou às 11h50, do município de Caracaraí, com previsão para chegar a Boa vista, às 14h, horário local. No entanto, durante o trajeto perderam o contato com o radar de controle aéreo. Ainda segundo a Força Aérea, as buscas estão sendo realizadas por um helicóptero Black Hawk e uma aeronave C-105 Amazonas. Mas até o momento nada foi encontrado.

Fonte: Portal Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA