Corpo é achado boiando em córrego; polícia tenta identificar homem através de tatuagem do Vasco

Polícia pede, para quem reconhecer tatuagem, que entre em contato através do 197. Corpo não tem marcas de estrangulamento no pescoço e nem água nos pulmões.

O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado boiando em um córrego na Zona Sul de Porto Velho. A Polícia Militar (PM) foi avisada sobre o corpo por moradores, na segunda-feira (4). A Delegacia de Homicídio investiga o caso. Ao G1, agentes do Serviço de Investigação e Captação (Sevic), da Delegacia de Homicídio, informaram que a vítima não possuía nenhum documento de identificação.

Como o corpo já fazia algum tempo que estava na água (cerca de dois dias), partes do corpo como olhos, boca e dedos haviam sido comido por peixes e jacarés.

Polícia pede ajuda para identificar corpo através de tatuagem do time Vasco — Foto: Polícia Civil/Reprodução

Segundo os agentes, o que pode ajudar na identificação do homem é uma tatuagem de time [Vasco] que o homem tem no braço. A perícia não apontou nenhuma perfuração por faca ou tiros no corpo do homem.

Também não haviam marcas de estrangulamento no pescoço e nem água nos pulmões. Provavelmente o homem foi jogado morto no córrego, segundo os policiais. O Sevic também descarta a possibilidade da vítima ser pescador.

Os agentes da Polícia Civil, que acompanham o caso, ressaltaram que até a amanhã desta terça-feira (5) o resultado da perícia sobre a causa da morte era inconclusiva. Familiares ou amigos que possam identificar o homem, através da tatuagem, podem ir até a Delegacia de Homicídio em Porto Velho ou entrar em contato por ligação, no 197.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA