Cratera avança sobre rodovia federal no Cone Sul e pode provocar mortes

buracoUma erosão que avança sobre a BR 435 e já engoliu parte da pista pode interditar a rodovia federalizada que liga Vilhena a Colorado do Oeste. A grande cratera começou a surgir há mais de um ano, e ontem, com a ação das chuvas, uma parte do barranco desmoronou e agravou o problema. Moradores próximos já avisaram o DNIT e a Polícia Rodoviária Federal, que patrulha aquele trecho, mas nenhuma providência foi tomada.

O buracão, que também é profundo, fica numa curva e pode causar acidentes fatais. “Um caminhão que for desviar da cratera invade a outra pista e, se vier um veículo em sentido contrário, é morte certa”, disse uma usuária da estrada, acrescentando que o único alerta no local é um cone, que vive caindo. “Um sitiante vai e recoloca no lugar, mas o perigo é constante”.

A erosão apareceu num trecho da BR 435 a cerca de 30 km de Colorado do Oeste, onde em 2015, um acidente provocou a morte da servidora da Seduc, a psicóloga Rosilda Shockness, de 42 anos.

Autor / Fonte: Folha do Sul

 

 

Deixe o seu comentário