Criança de 10 anos sai de casa para vender rifas e acaba sendo vítima de abuso sexual

abusoUma criança de apenas 10 anos juntamente com uma amiga saíram de casa na tarde desta última terça-feira (17) para vender rifas da escola e por pouco a menina de 10 anos não foi estuprada, pois o pai chegou a tempo de impedir a consumação do ato. O caso aconteceu em Ministro Andreazza.

O acusado identificado como Jonatan J. F. de 27 anos aproveitou-se da inocência da criança, que estava vendendo as rifas, e pediu para que as meninas lhe acompanhasse até a residência, a fim de “pegar o dinheiro”. No meio do trajeto, o acusado arrastou a criança pelo braço até um matagal.

Neste local, o acusado arrancou a vestes da criança tentando conjunção carnal, chegando a lesionar a vítima nos lábios e seios com mordidas. Para que a criança não gritasse, o acusado ainda tentou estrangular a vítima.

A outra menina correu e pediu socorro do pai da vítima, que ao chegar no local, encontrou a filha e o acusado despidos, que ao visualizar o pai da criança, empreendeu fuga. A polícia militar foi acionada, mas não logrou êxito na prisão do acusado.

Fonte: Newsrondonia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA