DESOVA E SOLTURA DE TARTARUGAS SÃO INCLUÍDAS NO CALENDÁRIO TURÍSTICO

tartarugasRepresentantes das Superintendências de Turismo, Cultura e da Secretaria do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) se reuniram sexta-feira (30) com dirigentes da Associação Comunitária Quilombola e Ecológica do Vale do Guaporé (Ecovale) e aprovaram a inclusão no calendário turístico de Rondônia dos ciclos da desova e soltura de filhotes de tartarugas da Amazônia como pontos indutores do desenvolvimento do turismo.

O acordo de cooperação técnica existente entre a Sedam e a Ecovale será ampliado para incluir também, segundo o superintendente, Júlio Olivar, as Superintendências de Cultura e de Turismo no projeto que prevê, inicialmente, a colocação de placas de sinalização e de educação ambiental nos rios da região.

O segundo passo será inspeção técnicas à região para identificação de novas potencialidades, e a elaboração e distribuição de cartilhas aos ribeirinhos e turistas, com informações sobre os ciclos da desova e soltura de quelônios no rio Guaporé e outros atrativos, onde predomina uma rica biodiversidade, no encontro de três biomas: região de serrado, floresta Amazônica e Pantanal mato-grossense, que somadas à mistura de cultura cabocla, quilombolas e indígenas formam o chamado “Vale do Guaporé”.

O ambientalista Zeca Lula explicou que procurou inicialmente a Superintendência de Cultura para intermediar a reunião realizada na Setur com outras instituições, e solicitado a Sedam a liberação de servidores para o projeto de educação ambiental, indispensável à conscientização dos turistas que visitam a região.

A Ecovale, segundo Zeca Lula, atua há 15 anos na preservação das espécies locais e biodiversidade da região. Para o superintendente de Turismo, Júlio Olivar, Rondônia precisa conhecer Rondônia e suas mais ricas belezas. “Vou buscar meios para que isso seja uma politica de estado, uma politica continuada”, frisou Olivar.

Fonte: decom/gov-ro

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA