Eleições 2014: Força Nacional vai atuar em Rondônia domingo

força-nacionalEmbora o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RO), desembargador Moreira Chagas, tenha descartado na terça-feira a convocação da Força Nacional para garantir a segurança nas eleições de domingo no Estado, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o envio, no mesmo dia, durante sessão administrativa. Pela decisão, receberão reforço federal 14 municípios dos Estados do Maranhão, Amazonas e Rondônia.

Para Rondônia, o ministro Luiz Fux relatou as requisições de força federal para Porto velho, Guajará-Mirim e Nova Mamoré, enquanto que no Amazonas os municípios atendidos são Tabatinga e Coari.

No último sábado, por volta das 19h30, um veículo oficial da 5ª Zona Eleitoral foi alvejado por tiros, quando o chefe do Cartório Eleitoral, Manoel Miguel da Silva, retornava de São Francisco do Guaporé a Costa Marques, após realizar durante o dia fiscalização da propaganda eleitoral juntamente com a juíza Eleitoral, Simone de Melo, que retornou em carro particular. A Polícia Federal ainda investiga se foi em represália ao trabalho eleitoral.

Os pedidos encaminhados pelo TRE do Maranhão, relatados pela ministra Maria Thereza de Assis Moura, contemplam os municípios de Codó, Bacabal, Chapadinha, Colinas, Grajaú, Itaipava do Grajaú, Formosa da Serra Negra, Paço do Lumiar e Raposa.

NOVIDADE

Para as eleições deste ano, a Justiça Eleitoral apresenta uma novidade: o acompanhamento em tempo real da contagem dos votos por meio do aplicativo “Apuração 2014”, que já pode ser baixado gratuitamente em dispositivos móveis (tablets e Smartphones) que utilizam os sistemas operacionais IOS e Android. A inovação se soma às outras duas plataformas já utilizadas anteriormente: o sistema “Divulga”, na versão desktop (computador de mesa), com as informações completas dos resultados; e o “DivulgaWeb”, disponível no site do TSE.

FUSO HORÁRIO

Em virtude da diferença de fuso horário, o TSE irá começar a divulgar os resultados da totalização dos votos para presidente da República às 19h (horário de Brasília), quando a votação já estiver encerrada em todo o território nacional. Já para os demais cargos, a totalização dos votos pelos TREs e a remessa das informações ao TSE terá início logo após o encerramento da votação, às 17h, respeitando-se o horário local.

Fonte: Diário da Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA