Em fase de teste, UFRR instala cinco postes solares para reduzir gastos

solarNo momento em que parte de Roraima sofre com o fornecimento de energia, o sol já é visto como uma solução para falta de abastecimento energético do estado. Dessa forma, a Universidade Federal de Roraima (UFRR) instalou de forma experimental cinco postes solares. A proposta é que após a fase de testes sejam instalados mais 25 unidades entre os campi Paricarana, Cauamé e Murupu.

O pró-reitor de infraestrutura da UFRR, Joel Moizinho explicou como funciona o processo produção de energia realizada pelas placas solares. “Essa energia solar é absorvida e levada para uma bateria que abastece e gera iluminação. Um dia de captação solar faz com que o poste funcione durante cinco dias, então é muito vantajoso.

Desenvolvido pela a UFRR, o projeto passa por uma fase experimental. Até o momento cinco postes forma instalados no campus Boa Vista. Na residência universitária da instituição, dois postes garantem a iluminação durante a noite.

“É uma iniciativa muito boa, além disso é uma proposta sustentável, porque o estado tem potencial para gerar energia solar, e acredito que essa iniciativa vai servir de exemplo para o restante do estado”, alega o universitário Josué Ferreira.

Em um ano a UFRR deve investir cerca de R$150 mil na produção de energia solar. A ideia é utilizar esse tipo de energia também nos prédios da instituição para reduzir os gastos. “Esperamos atingir uma redução de 20% até o final do desenvolvimento desse projeto”, explica Moizinho.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA