Em menos de 15 dias, novo túnel é achado em presídio de Ji-Paraná, RO

tunelUm túnel de oito metros de comprimento foi descoberto no Presídio Agenor Martins de Carvalho, em Ji-Paraná (RO), cidade situada a 370 quilômetros da capital Porto Velho. O buraco foi encontrado na cela 30 do pavilhão, durante uma revista na noite de terça-feira (7). Agentes identificaram nove presos como responsáveis pela abertura do túnel. Este é o segundo túnel achado na unidade prisional em menos de 15 dias.

De acordo com o agente penitenciário Rogério Siqueira, a equipe de plantão descobriu o túnel durante uma  revista de rotina. “As revistas são sempre feitas em celas alternativas. Os agentes perceberam uma atitude suspeita nas celas 27 e 30 e fizeram uma revista mais minuciosa. O túnel estava embaixo de um fundo falso do sanitário”, explica o agente.

Os agentes acreditam que, para escavar, os detentos utilizaram objetos simples, como hélice de ventilador. O túnel já tinha mais de oito metros e estava na quadra do banho de sol. Os nove detentos devem ter as penas agravadas por causa da escavação.

Este é o segundo túnel descoberto em menos de 15 dias no presídio. No fim do mês de maio, uma galeria com cerca de 10 metros foi descoberta por agentes penitenciários e foi feito no local da encanação do esgoto. Oito detentos foram encontrados no buraco tentando fugir. Em fevereiro, outros detentos foram flagrados cavando um túnel. Para Siqueira, as condições do prédio e o número reduzido de efetivo têm favorecido às tentativas de fuga no presídio.

“São nove agentes por plantão para atender 400 presos em quatro pavilhões. O presídio é muito antigo e as condições não oferecem segurança, prova disso são as diversas tentativas de fuga aconteceram esses últimos dias”, explica.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA