Estudantes de Roraima criam dispositivo de alerta para enchentes

invençaoTrês alunos da escola estadual São José criaram um dispositivo para alertar a população em casos de enchente. Pensando em algo que fosse capaz de salvar a vida das pessoas, Marcos dos Santos, Liandra Silva e Maria Oliveira, todos do 9º ano, são responsáveis pelo “Arcadia”, parte do projeto intitulado “Sobrevivência nas enchentes nas áreas alagadas de Roraima”, exposto na 22ª Feira Estadual de Ciências.

Morador do bairro Caetano Filho, o idealizador do projeto, Marcos Santos, de 14 anos, conta que a ideia surgiu após a enchente ocorrida em 2011, considerada a maior em 35 anos. No episódio, ele relata que um vizinho morreu afogado enquanto dormia.

“Quando soubemos da Feira, eu lembrei muito dessa história. Então, sentamos e conversamos, e chegamos à conclusão de que deveríamos fazer algo que salvasse a vida das pessoas no período de enchente”, afirma.

Mesmo não sendo classificados para a etapa nacional da Feira, Marcos e as amigas Eliandra e Maria, coautoras do projeto, alegam estar muito felizes de ter participado. Eles afirmam ainda que pretendem ampliar a planta para que alguém compre a ideia.

“Queremos que o projeto chegue até o conhecimento dos governantes, pois hoje a infraestrutura do estado é inadequada para os casos de enchente”, destacam, afirmando que 90% do dispositivo foi construído com material reciclável, utilizando caixa de sapato, pote de gel, fios de cobre e outros materiais.

O “Arcadia” funciona com energia elétrica. Conforme sobe o nível da água, o dispositivo dispara um alarme e alerta a pessoa para que saia de casa a tempo de salvar sua própria vida. “É uma ideia bastante inovadora”, afirma a orientadora do projeto, Janaína Oliveira.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA