Exposição fotográfica retrata cultura negra em Pimenteiras

fotoCom objetivo de valorizar a cultura negra em Pimenteiras do Oeste, RO, foi realizada neste domingo, 28, uma exposição de fotografia que faz parte do ‘Faces do Quilombo’.

Coordenado pela jornalista Andréia Machado, o projeto conta com o apoio da Fundação Palmares e do Ministério da Cultura, e valoriza a cultura negra do município, observando e registrando, por meio de fotos, as riquezas culturais e locais, a partir da perspectiva dos moradores da comunidade.

Andréia explica que a escolha da cidade para a realização do projeto se deu pelo fato de Pimenteiras ter sido fundada por remanescentes do quilombo Quariterê.

A exposição foi realizada na Praça dos Quilombolas e contou com cerca de 100 fotos produzidas pelos estudantes das escolas públicas Inácio de Castro e Paulo Freire, de Pimenteiras do Oeste, que participaram de três oficinas de fotografia do projeto ocorridas em agosto.

Durante a exposição foram entregues os certificados de participação nas oficinas. Empolgados os alunos manifestaram interesse de continuar fotografando as belezas culturais do município.

A exposição marca o encerramento do projeto. De acordo com Andréia, a exposição é uma oportunidade de os remanescentes quilombolas mostrarem suas identidades e os aspectos do cotidiano.

“Foi muito interessante a forma com que os moradores de Pimenteiras começaram a enxergar o município com outros olhos, após a realização do projeto. Muitas pessoas vinham e me falavam que não imaginava que a cidade tinha tantas belezas e riquezas culturais”, disse Andréia.

A presidente da Associação da Comunidade Remanescente Quilombola de Pimenteiras do Oeste, Izabel Mendes, parabenizou a iniciativa do projeto e disse que o município é carente de projetos que valorizem a cultura negra. Atualmente a associação conta mais de 500 membros.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA