Futebol é ‘esquecido’ no calendário da Arena da Amazônia pós-Copa

arena-amazoniaMANAUS – Entre os estádios que sediaram a Copa do Mundo de 2014, a Arena da Amazônia, em Manaus, é disparadamente o que mais sofre com a falta de espetáculos esportivos. O estádio amazonense recebeu apenas um jogo após o Mundial (Oeste 1×1 Vasco, no dia 16 de setembro). No próximo dia 25 de outubro, data em que completará quatro meses desde o último jogo da Copa em Manaus, a Arena da Amazônia vai receber apenas o seu terceiro jogo.

Elefante branco?

Desde o fim da Copa, a Arena da Amazônia teve calendário cheio, porém movimentado basicamente por espetáculos musicais e religiosos. Atrações nacionais como Ivete Sangalo e o grupo Jota Quest já desembarcaram no estádio manauara, bem como shows religiosos como o Esperança Manaus e o Louvarei. No próximo dia 23 de outubro, a atração da vez é a festa do Boi Manaus.

O diretor-técnico da Fundação Vila Olímpica (FVO), Ariovaldo Malizia, justificou que a demanda de shows apareceu primeiro para movimentar a Arena da Amazônia. “Nós tínhamos que colocar a Arena pra funcionar. E o que pintou primeiro? Os eventos musicais e os shows religiosos, então botamos a máquina pra funcionar. A Arena não pode ficar parada, senão ela estraga pelo desuso”, explicou.

Malizia, no entanto, afirma que foram muitas as tentativas de trazer jogos de futebol para Manaus – quase todas inviabilizadas pelo agendamento prévio de shows. “Não pense que não houve tentativas de trazer eventos de futebol pra cá [Arena da Amazônia]. Foram muitas. Mas como já existiam alguns eventos agendados, aí ficou meio complicado. Mas nós ainda estamos num processo de laboratório, em fase de estudos. No ano que vem vai dar pra gente fazer um calendário mais diversificado e priorizando o futebol”, prometeu.

Conforme apurado pela reportagem do Portal Amazônia, o Flamengo tentou trazer o jogo contra o Internacional no dia 22 de outubro para Manaus. A ideia era evitar desgaste para a partida seguinte, contra o Botafogo, no dia 25, também na Arena da Amazônia. Contudo, a realização do Boi Manaus no dia 23 inviabilizou o jogo do time rubro-negro em solo amazonense. “A gente sabe também que não é fácil trazer qualquer time pra cá. Tem que ter um empresário forte, que banque os custos. Mas o torcedor amazonense tá dando resposta positiva pra todos os eventos, desde o primeiro evento futebolístico [Nacional 2×2 Remo] na Arena”, ressaltou Malizia.

Calendário ‘morno’

A Arena da Amazônia recebe dois jogos em outubro: Botafogo x Corinthians, no dia 11, e Botafogo x Flamengo, no dia 25. E para os próximos meses, a expectativa de demanda para o estádio é ainda menor. “A gente sabe que, com o Campeonato Brasileiro afunilando, dificilmente alguma equipe vai querer arriscar trazer um jogo pra cá”, observa Malizia. Para piorar, com a eliminação do Princesa do Solimões ainda na primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, nenhum time do Amazonas disputa atualmente qualquer divisão do futebol nacional.

Fonte: Portal Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA