Governador atende Léo Moraes e garante promoções na Polícia Civil

governadorO deputado Léo Moraes (PTB) agradeceu ao governador, que assinou o decreto garantindo o reconhecimento das promoções atrasadas aos funcionários da Polícia Civil. O parlamentar havia intercedido junto ao governo para assegurar o direito dos servidores, que há anos aguardam pelo benefício.

De acordo com Léo Moraes, agora delegados e funcionários de diversas áreas de conhecimento e atividades da Polícia Civil serão contemplados. O deputado disse, ainda, que o decreto desfaz uma injustiça com a categoria.

“Estamos falando de profissionais que trabalham muito com pouco. Cito como exemplo a Central de Flagrantes, que há pouco tempo foi interditada pela Vigilância Sanitária por não apresentar condições mínimas de trabalho”, destacou.

O parlamentar citou que, mesmo com as dificuldades, os profissionais estão atuando na Central de Flagrantes, trabalhando mais do que está previsto no regimento de suas atribuições.

Léo Moraes parabenizou todas as entidades sindicais envolvidas em favor dessa causa, como o Sindicato dos Delegados da Polícia de Rondônia (Sindepro), representado por Renato Souza; Sindicato dos Peritos Criminalístico de Rondônia (Simpec), em nome de Edilson Almeida; Sindicato dos Escrivães de Polícia de Rondônia (Sepro), através do presidente Osvaldo Barros da Silva; e o Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Rondônia (Sinsepol), em nome do presidente Rodrigo Marinho, que acompanhou desde o início e demonstrou que a união gera conquistas.

“Já existe uma lei vigente e isso é um ato ordinário do Poder Executivo que cobramos muito para chegar a esse reconhecimento. Agradeço o deputado Léo Moraes por levantar a bandeira da Polícia Civil durante todos esses anos de luta, ” destacou Marinho.

“Quem acompanhou essa luta viu o quanto foi difícil garantir mais essa conquista. Ficamos felizes com esse reconhecimento e vamos continuar lutando pelos outros interesses da Polícia Civil e de outras classes da segurança pública do nosso Estado”, concluiu Léo Moraes.

Fonte: ALE/RO – DECOM

Deixe o seu comentário