I Congresso Internacional de Direitos Humanos é realizado em Porto Velho

emeron-porto-velhoO ‘I Congresso Internacional de Direitos Humanos e Desenvolvimento da Justiça’ será realizado em Porto Velho entre os dias 17 a 20 de outubro no Teatro Guaporé e no auditório do Ministério Público do Trabalho (MPT).

O evento é organizado pelo mestrado em Direitos Humanos e Desenvolvimento da Justiça (DHJUS), programa de pós-graduação da Universidade Federal de Rondônia em parceria com a Escola de Magistratura do Estado de ROndônia (Emeron).

De acordo com Unir, o objetivo é promover discussões interdisciplinares sobre diversos assuntos que envolvem os direitos humanos e questões de justiça, como direito dos povos indígenase grupos sociais, territorialidade, marginalização e gênero. Os temas citados serão abordados por meio de mesas de debate, palestras e minicursos, além da apresentação das pesquisas dos mestrandos do DHJUS. A entrada é gratuita e inscrição pode ser realizada no site dos organizadores.

Confira abaixo a programação do congresso:


Dia 16/10 – Teatro Guaporé

14h – Abertura: Apresentação do Projeto Movimento Literário e Performance Palavras Mágicas, com o artista local Bototo
14h20 – Apresentação de Artigos do Mestrandos DHJUS
19h – Abertura Oficial
Palestra: Os novos desafios aos Direitos Humanos (Dra. Carla de Marcelino Gomes)

Dia 17/10 
19h – Mesa Redonda: Direitos Humanos das Mulheres e Justiça (Dras. Cecília Caballero Lois, Rosa Acevedo Marin e Patrícia Vaconcellos), Teatro Guaporé

Dia 18/10
19h – Mesa Redonda: Democracia, Direitos Humanos e Gênero (Drs. Fátima Weiss de Jesus, Giuseppe Tosi e Márcio Secco), Teatro Guaporé

Dia 19/10 Teatro Guaporé
14h – Apresentação de artigos dos Mestrandos DHJUS
19h – Mesa Redonda: Administração de Conflitos, Direitos Humanos e Novas Famílias (Dra. Jacqueline Sinhoreto, Me. Bleine Queiroz Caúla e Dr. Rodolfo Jacarandá)

Dia 20/10 – Teatro Guaporé
14h – Apresentação de artigos dos Mestrandos DHJUS
19h – Mesa Redonda: Quais sujeitos, Quais Direitos, Quais Territórios? (Drs. Ilka Boaventura Leite, Teresa Almeida Cruz e Marco Teixeira)

Fonte: G1

Deixe o seu comentário