Imagens de incêndio em carros no AM são entregues à polícia, diz Prefeitura

incendioA Prefeitura de Manaus informou, neste domingo (2), que disponibilizou para a Polícia Civil as imagens do circuito de câmeras do Complexo de Saúde Oeste, invadido na madrugada de sábado (1°). Na ocasião, quatro veículos da unidade foram incendiados e uma janela foi quebrada. Os carros integravam a frota da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

No local invadido funcionam o Distrito de Saúde Rural, o Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica, além do Conselho Municipal de Saúde. A ação no distrito de saúde ocorreu na mesma madrugada em que um ônibus da Guarda Municipal, que estava parado no Complexo Turístico Ponta Negra, também na Zona Oeste, foi alvo de tiros.

Segundo a Prefeitura, apesar dos transtornos provocados tanto no distrito de saúde quanto na Ponta Negra, não houve feridos. “Os dois espaços já foram periciados pelo Instituto de Criminalística, da Polícia Civil”, afirmou a Prefeitura, em nota enviada à imprensa.

De acordo com a Semsa, a rotina na área atendida pelo distrito invadido não será prejudicada, já que haverá o remanejamento de carros de outras áreas para suprir a demanda na Zona Oeste.

As investigações do caso são coordenadas por uma equipe do 17º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A Polícia Civil não confirmou o recebimento das imagens do circuito interno do distrito de saúde. Segundo a assessoria de comunicação, as informações sobre as investigações serão repassadas à imprensa somente nesta segunda-feira (3).

Casos

Na manhã de sábado, a Governança Predial da Semsa, registrou Boletim de Ocorrência no 17° Distrito Integrado de Polícia (DIP) após o incêndio de quatro carros estacionados no Complexo de Saúde Oeste. O Corpo de Bombeiros foi acionado, e controlou as chamas. Ninguém ficou ferido na ação. De acordo com a corporação, houve perda total de três veículos. Um quatro carro ficou parcialmente destruído.

A Prefeitura acredita que o incêndio tenha sido criminoso. Além do Boletim de Ocorrência, a Semsa acionou a empresa que faz a segurança do local para fazer o levantamento dos prejuízos.

No mesmo dia, na Ponta Negra, por volta das 2h, um carro, modelo corsa, de placa não identificada, passou pela contramão na Avenida Coronel Teixeira, em frente ao complexo turístico. De dentro dele foram efetuados dois disparos contra o ônibus da Guarda Municipal, que estava parado no local. Ninguém ficou ferido, já que o veículo serve apenas como apoio ao trabalho da Guarda, que faz ronda a pé pelo local. Devido ao ocorrido, o supervisor do plantão da Guarda registrou o boletim de ocorrência no 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA