Indígenas visitam exposição “Expressão Mamaindê”

indígenasMais de 50 indígenas da etnia Mamaindê, entre eles 30 autores das obras e artesanato que compõem a exposição ‘Expressão Mamaindê’ da segunda edição do Sicoob Sabor – Festival Gastronômico e Cultural de Vilhena, visitaram, domingo, 29, a mostra no Centro de Treinamento (CTC) Sicoob Credisul. Os indígenas subgrupo Nambikara também se vestiram a caráter e realizaram três apresentações típicas dos rituais de sua cultura.

Recepcionados pela equipe da Sicoob Credisul, os Mamaindê conferiram as telas expostas e as imagens da atividade de pintura realizada no mês de junho na aldeia, localizada no limite dos Estados de Rondônia e Mato Grosso, a 70 quilômetros de Vilhena (RO), e que deu origem à exposição que tem o objetivo de valorizar a cultura indígena. (

Após apreciarem a exposição, os visitantes participaram de uma confraternização no Espaço Cultural Marechal Rondon, em seguida se prepararam para realizar as apresentações. Coordenados por José Augusto Mamaindê, que trabalha na divulgação da cultura do povo, apresentaram a dança do ritual da Menina Moça, seguida da dança típica de guerra e da pajelança, a religião indígena.

O artista Thiago Sousa fez questão de entregar ao cacique Manoel Mamaindê a tela pintada por ele durante a visita à aldeia. Em agradecimento, a esposa do cacique também presenteou a equipe da Sicoob Credisul com um cesto de bananas cultivadas em suas terras.

Representando a comunidade, José Augusto tomou a palavra e agradeceu o trabalho realizado com os indígenas e pelo convite da visita. “Agradeço à Sicoob Credisul por ter lembrado da nossa cultura, ter ido até a aldeia nos conhecer e trazer a nossa arte como exposição para o festival para mostrar as outras pessoas”, declarou.

 

A visita dos mamaindê ao CTC Sicoob Credisul teve o apoio da Prefeitura Municipal de Vilhena, que disponibilizou o ônibus para o transporte, por meio do vereador Wilson Tabalipa. Quem também ofereceu grande apoio foi Franciele Macedo, assistente social da Casai – Casa do Índio, que serviu de porta-voz e auxiliou em todos os processos da ação com os mamaindê.

Antes de desembarcar no Espaço Cultural Marechal Rondon, os indígenas visitaram a Fundação Cultural de Vilhena, onde em breve será inaugurada uma mostra de artesanato de várias aldeias de Rondônia, organizada pela presidente da instituição, Kátia Valléria.

A exposição ‘Expressão Mamaindê’ está aberta à visitação pública no Espaço Cultural Marechal Rondon, do Centro de Treinamento e Cultura Sicoob Credisul, até 31 de agosto, a partir das 14h, de segunda a sexta-feira. Escolas podem agendar visitas guiadas pelo telefone (69) 3316-6153. Acesse o site http://sicoobsabor.com.br/ e confira mais sobre o 2º Sicoob Sabor.

indígenas1Fonte: Assessoria

 

Deixe o seu comentário