Invicto no Fla desde 2011, lateral do Acre vai à Seleção Sub-15 pela 3ª vez

athirsonPela terceira vez consecutiva, o lateral-esquerdo acreano Athirson Lima, que defende a categoria de base do Flamengo, foi convocado para integrar a Seleção Brasileira Sub-15. A relação de 27 atletas escolhidos pelo treinador Cláudio Caçapa, que vão passar por um período de treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro, de 20 a 25 de outubro, foi divulgada neste terça-feira (14), no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

– Fico feliz de ser convocado outra vez. Foi uma surpresa, pois a gente não sabe quando vai acontecer. Meu pai me ligou avisando e a felicidade é muito grande. Comecei a gritar, é uma sensação inexplicável – disse por telefone o jogador, que está no Rio de Janeiro.

Athirson vive uma fase excepcional na categoria de base do Flamengo. O time não perde desde 2011 e ele acredita que o resultado do trabalho no clube tem feito a diferença, por isso garante que não pretende mudar suas características vestindo a camisa canarinho.

– Não sei exatos quantos jogos são sem derrota, mas tenho certeza que são mais de 50. Desde 2011 não perdemos. A nosso primeira, última e única derrota foi em maio de 2011. Espero representar bem, mostrar meu trabalho. Se estou sendo convocado é por que meu trabalho está sendo reconhecido no clube. Quero chegar lá e não fazer nada diferente do que faço no Flamengo. Da última vez, nos amistosos que a Seleção fez, fui titular e agora quero dar continuidade. Continuar mostrando que mereço e sempre trabalhar para ser lembrado – afirma.

Diferente da primeira convocação, quando foi chamado para substituir um atleta lesionado e chegou com o grupo já formado, o jovem lateral afirma que já está familiarizado com o clima de Seleção, mas ressalta que a pressão sempre vai existir.

Na primeira convocação fui chamado depois, cheguei e conheci os garotos pouco a pouco. Acredito que o treinador já conhece bem meu trabalho, tivemos dois períodos de treinamentos juntos, então estou mais familiarizado. Não que seja tranquilo, pois a cobrança é sempre muito grande, mas há menos apreensão do que antes – conclui.

Athirson e os outros 26 convocados se apresentam no dia 20 de outubro, assim como os integrantes da comissão técnica, às 11h (de Brasília), no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.

Fonte: GE

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA