Ji-Paraná: Escola Família Agrícola recebe o Orquestra em Ação

efaO 5º Encontro dos Amigos da Escola Família Agrícola (EFA) de Ji-Paraná, reuniu mais de mil pessoas durante o último sábado, em sua sede localizada na Linha-9 do setor Itapirema (rural) deste município. O evento contou com alunos e ex-alunos de todos os cantos de Rondônia, e até mesmo, residentes em outros Estados do País. Rifas, música ao vivo, festival de música e a participação especial da Associação Amigos da Orquestra (AAO) através da Orquestra em Ação.

De acordo com Pedro José dos Santos, coordenador da EFA, o evento tem o objetivo de reunir alunos e ex-alunos amigos da instituição que geralmente se distanciam de alguma forma do estabelecimento. “Nossa missão sempre é manter viva a história de todos aqueles que por um bom período de suas vidas, congregaram juntos neste estabelecimento”, declarou o coordenador.

A programação do 5º Encontro dos Amigos da EFA teve início nas primeiras horas da manhã, com a Santa Missa celebrada pelo Bispo Diocesano Dom Bruno Pedron, seguido de várias atividades abertas e encerrando a primeira parte com almoço. Já no período da tarde, o evento teve continuidade com o Espaço Cultural que contou com a participação da Associação

Amigos da Orquestra através de convite feito pela direção da instituição. A apresentação teve duração de 45 minutos, com interação de todos os presentes, e a participação especial das crianças cantoras, Lavinha com a música, Lago dos Cisnes e Kauane interpretando Arco Iris e Aleluia sendo elas alunas do projeto. “Estamos satisfeitos em poder ter participado deste grande evento cultural da Escola Família Agrícola. Esperamos voltar mais vezes”, disse a coordenadora da Associação, Solange Gurgacz.

A apresentação da orquestra foi bastante elogiada por alunos e professores, entre eles, José Aparecido que trabalha voluntariamente como monitor na disciplina de Religião. O evento foi encerrado com a realização do Festival de Música (interpretação), rifas e a eleição do Rei e Rainha da EFA 2014.

Fonte: Diário da Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA