Lancha da Semas pronta para ações de Assistência Social Volante

SemasConforme anunciou o secretário municipal de Assistência Social ( Semas), Solano Ferreira, no final de dezembro do ano passado, a secretaria adquiriu, por meio de convênio com o Governo Federal, via Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome – MDS , uma lancha, com capacidade para 12 tripulantes, para atender os serviços permanentes, ou seja, de rotina, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) volante, que são prestados às famílias das áreas ribeirinhas do município de Porto Velho.

No entanto, conforme explicação do secretário à época, a lancha, de estrutura muito boa, tinha a engenharia para navegar no mar, não adequada para águas fluviais do Rio Madeira. Devido a essa questão, a lancha teve uma avaria no sistema de direção e de hélice e com isso foi preciso fazer uma reforma, adequando-a para navegar em águas fluviais.

A demora em adequar a lancha para navegar no Rio Madeira se teve ao fato da dificuldade para encontrar uma empresa que pudesse fazer o serviço, mas, enfim a empresa foi encontrada e contratada na forma legal, e realizou o trabalho, adequando a engenharia da lancha da Semas para navegar em águas fluviais, pronta para atender a população ribeirinha do município com a equipe do CRAS volante.

O secretário Solano Ferreira foi, juntamente com a adjunta, Elzenir Viana, o Coordenador Municipal de Políticas Públicas para a Juventude – CMPPJ, Bruno Eduardo e o assessor especial da Semas Samuel Costa, participar da entrada da lancha nas águas do Rio Madeira, pronta para entrar em ações dando suporte ao serviço de Assistência Social ao ribeirinhos do município.

A lancha possibilitará deslocar a equipe de técnicos da Semas do CRAS volante com os serviços para atender a população ribeirinha que está mais distante e nos locais que não se tem acesso via estrada terrestre. Sem lancha a Semas para realizar esses serviços, dependia da carona do Barco Hospital, e consequentemente, do seu cronograma de trabalho. Inclusive muitos desses serviços são determinações judiciais com prazo a serem cumpridos. “Uma grande conquista para a Secretária Municipal de Assistência Social SEMAS, agora com a embarcação apta a operar poderá levar um atendimento mais rápido e eficiente com a equipe multidisciplinar aos ribeirinhos com o CRAS itinerante”, disse Solano.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA