Lavouras de soja têm que ser cadastradas, informa Idaron

soja-idaronCom o fim do vazio sanitário da soja no último dia 15, os produtores devem cadastrar suas propriedades na Agência de Defesa Sanitária Agrossilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron). O cadastro deve ser feito até 30 de dezembro no site www.idaron.ro.gov.br ou em qualquer unidade da instituição.
O cadastro deve ser feito por propriedade com soja e que ele serve para formação e atualização do banco de dados sobre a produção de soja no Estado, o que facilita o direcionamento e planejamento de políticas públicas para o setor.

Além do banco de dados, o cadastro também auxilia a localização das áreas de cultivo, o que aumenta a eficácia na vigilância e controle de pragas, e a fiscalização do cumprimento do vazio sanitário da soja, que visa a diminuição do número de pragas, especialmente ferrugem asiática da soja.

Segundo o presidente da Idaron, Marcelo Borges, este ano não houve multas por não cumprimento do vazio sanitário. “Os produtores estão cada vez mais conscientes da importância da medida, eliminando todas as plantas de soja, não havendo a necessidade de punições”.

O produtor que não cadastrar sua propriedade poderá ser multado. Pelo site, o link para o registro está localizado do lado esquerdo na parte de “Serviços”. (AI)

Fonte: Diário da Amazônia

Deixe o seu comentário