Ligações clandestinas dão prejuízo anual de R$ 400 milhões, diz Amazonas Energia

rabixoMANAUS – Cerca de 38% de toda a energia gerada pela Amazonas Energia é desviada em ‘gatos’. A informação é da própria concessionária, que calcula ter um prejuízo anual de R$ 400 milhões com as ligações clandestinas. De 2011 a 2013, a perda teria alcançado a marca de mais de R$ 1,5 bilhão.

De acordo com a Amazonas Energia, o Estado tem o mais alto índice de perdas de energia elétrica do Brasil. Por meio da assessoria, a concessionária destaca que o Estado também perde em arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), além do furto de energia afetar a qualidade da energia, contribuir com o aumento da tarifa e pôr em risco a vida dos consumidores.

Para combater as perdas, a empresa aposta em novas tecnologias. Os investimentos incluem a aquisição e instalação de novos medidores de energia, sistemas de medição e de monitoramento, além de inspeção técnica em unidades consumidoras irregulares e sem medidores. Outro trabalho é a implantação de infraestrutura de medição avançada, com recursos do Banco Mundial, que prevê investimentos, de R$ 210 milhões, no período de 2014 a 2016.

Outra ação da empresa é a conscientização dos consumidores sobre o consumo eficiente de energia que também traz bons resultados aos clientes com a diminuição do valor de sua fatura de energia, o que estimula o cliente a pagar a sua conta de energia.

O Combate às perdas só é possível com o envolvimento de toda a Sociedade, Estado e Município. Recentemente foi criada a Delegacia Especializada de Combate ao Furto de Serviços do Amazonas (DECFS), da polícia civil que será uma grande aliada no combate às perdas de energia. O roubo de energia é crime conforme o código penal brasileiro pelos artigos 155 e 171.

Fonte: Portal Amazônia

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA