Lixo urbano de Rolim de Moura será destinado a aterro sanitário em Novo Horizonte

cesarO prefeito de Rolim de Moura, Cesar Cassol, assinou nesta quarta-feira (04) o contrato de destinação do lixo urbano produzido pelo município, para o aterro sanitário de Novo Horizonte D’Oeste, cidade distante 25 km. O documento firma um convênio com o Consórcio Público Intermunicipal, quem intermedeia o processo, pelo período de um ano, passível de renovação.

Na semana passada o gestor já havia assinado o documento de adesão de Rolim de Moura ao Consórcio que reúne municípios da região Central, Zona da Mata e Vale do Guaporé em busca de benefícios nas áreas de saúde e destinação de resíduos sólidos. Com o novo contrato, Rolim de Moura passa a cumprir o que pede a legislação vem vigência no país, sobre o destino do lixo urbano.

A assinatura aconteceu durante uma reunião com a presença dos vereadores João Rossi Júnior, Sergio Sequessabe e Mani Rocha, além do presidente do consórcio João Nunes Freire. O investimento total será de quase R$ 100 mil mês, pela destinação de cerca de 35 toneladas de lixo/dia, a serem enviados para a cidade vizinha já a partir do próximo mês.

“Para fazermos um aterro próprio aqui em Rolim de Moura não gastaríamos muito dinheiro. O que emperra é a burocracia. É muita coisa que se tem que cumprir e nós prefeitos, infelizmente não temos mais tempo para cumprir o que pede a legislação. Por isso estamos hoje com esse convênio com o consórcio para destinar corretamente o lixo”, ressaltou o prefeito.

Também a partir de abril deverá ser implantada a taxa do lixo, cobrada mensalmente dos moradores de Rolim de Moura pela destinação dos resíduos. Junto será colocado em prática um programa de coleta seletiva desses resíduos, que vai conscientizar a população a separar o resíduo seco (papel, plástico, vidro, metal) do resíduo molhado (restos de comida e materiais orgânicos).

Fonte: Assessoria

Deixe o seu comentário