Mais de 2 mil pessoas participam de caminhada contra o câncer, em RO

caminhadaMais de duas mil pessoas participaram na manhã deste domingo (23) da 3° Caminhada Passos que Salvam, realizada pelo Hospital de Câncer de Barretos, em Porto Velho. A saída foi na Praça das Três Caixas D’água. O evento quer chamar a atenção da população para os primeiros sintomas do câncer infantojuvenil. A campanha é uma mobilização nacional, que acontece em várias cidades brasileiras ao mesmo tempo.

A adolescente de 16 anos, Camila Martins, descobriu há um ano que tem um tumor nos ossos e começou o tratamento em Barretos. Hoje ela participa da Caminhada junto com a mãe Noevil Salete Martins. “Eu achava que câncer era coisa de adulto e isso pra mim foi uma realidade muito dura, porque eu vi o sofrimento da minha filha que quase perdeu a vida”, disse a pedagoga.

De acordo com Raíssa Coelho, a gerente de captação de recursos do Hospital de Câncer de Barretos, unidade de Porto Velho, os pais devem ficar atentos aos sintomas que são febre prolongada, manchas roxas pelo corpo, sangramento sem ferimento, dores nas juntas, tonturas, vômitos e olhos esbranquiçados. “São sintomas que podem ser confundidos com outras doenças, por isso os pais devem estar atentos e conscientes” disse Raíssa.

Em 2008 o Governo Federal instituiu o dia 23 de novembro como “Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil”. De acordo com a diretora administrativa da unidade do Hospital de Câncer em Porto Velho, Raquel Keller, a instituição tem uma parceria com o Hospital infantil St. Jude nos Estados Unidos que idealizou a caminhada para a conscientização do diagnóstico precoce do câncer.

“Nossa parceria tem um objetivo de alcançar 96% de cura de câncer infantojuvenil. No Brasil, só alcançamos 50% da cura e esse hospital nos dá todo apoio, treinamentos, capacita nossos médicos para alcançarmos a meta” ressalta Raquel.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA