Mais de R$ 2 mi para o setor produtivo

peixeO Conselho de Desenvolvimento do Estado de Rondônia (Conder) aprovou a liberação de mais de R$ 2,5 milhões para atividades de incentivo ao setor produtivo regional. Os recursos são oriundos do Fundo de Investimento e de Desenvolvimento Industrial de Rondônia (Fider).

Os conselheiros também decidiram estabelecer mecanismo para regular o suporte às feiras pecuárias e industriais que ocorrem no Estado. As decisões foram tomadas na 59ª reunião ordinária do conselho, que, excepcionalmente, foi presidida pelo superintendente estadual do Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura, Basílio Leandro de Oliveira, que substituiu o governador Confúcio Moura.

Os valores foram destinados ao evento Café de Rondônia, que divulga o produto rondoniense e acontecerá em três municípios do Estado, à missão empresarial que divulgará produtos regionais na Coreia do Sul, ao Espaço Empresarial que receberá convidados na 7ª Rondônia Rural Show em Ji-Paraná. Também foram contemplados com recursos do Fider o Programa de Apoio à Pesquisa em Inovação Tecnológica da Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa no Estado (Fapero), à Feira Industrial do Município de Pimenta Bueno (Ficopi), a Feira Municipal de Buritis, a Feira de Negócios e Piscicultura do Vale do Jamari e o evento Exame Agronegócio.

Na defesa da liberação de recursos, conselheiros debateram a relevância dos gastos indicando que trata-se, na maioria dos casos, de missões para a prospecção de mercados para os produtos de Rondônia. A discussão mais longa foi travada durante análise da destinação de dinheiro para a Ficopi, que acontece no município de Pimenta Bueno.

Francisco Helder, presidente da Fapero, também foi pessoalmente defender os valores para investimento em pesquisa na agropecuária. “A pesquisa leva ao desenvolvimento”, argumentou.

Fonte: Assessoria

 

Deixe o seu comentário