MONUMENTO HISTÓRICO SERÁ RESTAURADO E INSTALADO NA AVENIDA JORGE TEIXEIRA

monumentoO presidente da Fundação Cultural da prefeitura de Porto Velho, Marcos Nobre Júnior, disse na tarde desta quarta-feira (25), que ao contrário do que foi divulgado por alguns setores da imprensa local, não há nenhum descaso com o monumento histórico deixado no canteiro da Avenida Jorge Teixeira, próximo da Pinheiro Machado.

Nobre informa que a peça histórica foi retirada da rotatória existente nas confluências da Avenida Costa e Silva com Lauro Sodré porque a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran) vai instalar um semáforo naquele cruzamento, devido ao grande índice de acidentes. “Por sugestão do próprio autor da obra, o artista Júlio Carvalho, ela foi deixada no local onde será reinstalada”, completou.

Segundo Nobre, por ser um patrimônio antigo, o monumento já se encontra bastante frágil e ficar transportando de um lado para outro só iria comprometê-lo ainda mais. “Foi então que acatamos a orientação do Júlio Carvalho para deixá-lo no local onde será restaurado e reinstalado”, explicou. Ele garante que a restauração iniciará dentro de 15 dias, tão logo o processo para execução do serviço seja analisado pela Procuradoria Geral do Município (PGM).

Marcos Nobre falou, ainda, que a prefeitura através da Fundação Cultural tem projeto para recuperar outros monumentos históricos, a exemplo da escultura (em aço) de um indígena instalada na BR-364 sentido Cuiabá, próximo a entrada do bairro Ulysses Guimarães, e o Mural dos Pioneiros, retirado do Trevo do Roque para a construção do viaduto, dentre outras peças que fazem parte do acervo histórico da cidade.

Estrada de Ferro

Aproveitando a ocasião, Nobre adiantou que as peças do acervo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré que se encontram expostas no pátio do “prédio do relógio” começarão a ser retiradas no próximo dia três de março. O transporte até um galpão na Rua Benedito Inocêncio, bairro Lagoinha, setor Leste de Porto Velho, será feito pela 17ª Brigada de Infantaria de Selva. Posteriormente, serão levadas para outro galpão e revitalizadas. “Esse transporte já deveria ter sido feito, mas ocorreu um imprevisto”, declarou.

Semáforo

O secretário municipal de Transportes e Trânsito, Carlos Gutemberg, informou que o semáforo a ser instalado na Avenida Costa e Silva com Lauro Sodré (de onde foi retirado o monumento histórico) já foi comprado pelo proprietário de um grande hotel construído nas proximidades, como mitigação pelo impacto que o empreendimento causou no trânsito daquela área da cidade.

De acordo com Gutemberg, a Secretaria Municipal de Obras (Semob) aguarda somente passar o período de chuvas para retirar a rotatória e fazer a pavimentação, o que vai possibilitar a instalação da sinalização semafórica, pintura de faixas e placas indicativas. O secretário destaca que a população terá dois ganhos importantes: mais segurança no trânsito e a restauração de uma peça histórica.

Fonte: comunicação pmpv

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA