Moradores de Guajará-Mirim, RO, ficam sem energia por 50 horas

energiaMoradores da zona rural de Guajará-Mirim (RO), município distante 330 quilômetros de Porto Velho, reclamam do descaso da Eletrobrás, após ficarem 50 horas sem energia elétrica. O problema ocorreu após o rompimento de um fio de alta tensão, causado por uma ventania. A Eletrobrás afirma que uma equipe já está trabalhando na troca de poste e conserto dos cabos, mas não soube afirmar o motivo da demora no reestabelecimento de energia elétrica.

Testemunhas que moram no Palheta dizem que falta energia desde a última sexta-feira (10), quando árvores caíram e uma delas arrebentou o fio de alta tensão que fica a aproximadamente um quilômetro do aeroporto do município. Após inúmeros contatos com a central de relacionamento, correndo o risco de alguém de aproximar do cabo que estava caído, nada funcionou e a luz só foi restabelecida após 50 horas, na noite desta segunda-feira (13).

Na região há as duas grandes empresas e muitos pequenos produtores. Parte do estoque frio de moradores foi perdida com a falta de energia. “Sempre isso acontece com a gente. O que a Eletrobrás faz, com tanto descaso em resolver o restabelecimento da energia rápido, é desumano. Dependemos da energia para trabalhar”, afirma a moradora Maria Luiza Oliveira.

Procurada pelo G1, a Eletrobrás justificou que a demora no reestabelecimento da energia elétrica na região ocorreu devido ao grande número de ocorrências.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA