Moradores se mobilizam para comprar terra e consertam estrada rural de RO para evitar atoleiro

Diante da impossibilidade de tráfego, em razão do alto índice de atoleiros, os moradores próximos a uma estrada na zona rural de Monte Negro (RO), no Vale do Jamari, se mobilizaram para consertar por conta própria a via vicinal. O trecho em questão fica entre as Linhas C-35 e a C-40.

Em um vídeo publicado em uma rede social, um agricultor mostra vários montes de terras em um ponto da estrada, onde apresentava atoleiro para que eles começassem os reparos. O vídeo publicado na quarta-feira (6) já tem mais de 2 mil visualizações e 50 compartilhamentos.

De acordo com as informações do vídeo, os moradores daquela localidade arrecadaram uma certa quantia em dinheiro de cada e conseguiram comprar de 30 caçambas de terra para consertarem três trechos da via que estavam em situação crítica.

Nas imagens, o morador cobra uma posição das autoridades do município acerca das condições precárias encontradas nas linhas rurais por conta das chuvas.

O que disse a prefeitura?

Ao G1, o secretário obras e serviços públicos de Monte Negro, Arlindo Fernandes, disse nesta quinta-feira (7) que não teve conhecimento do vídeo, mas que o cronograma de obras de recuperação da estradas rurais seguem em andamento, sendo realizadas de segunda a sábado.

Porém, o secretário informou que devido a grande extensão da área rural e o pouco efetivo de máquinas, algumas regiões demoram certo tempo para receber os trabalhos.

“Estamos empenhados na restauração das estradas, mas não dá para atender todo mundo na hora que precisa. Sabemos das dificuldades, mas infelizmente nosso município não dispõe de grande maquinário e servidores. Temos uma média de 1.600 [mil e seiscentos] quilômetros de estradas rurais, o que com apenas duas equipes demora para atender a todos”, destacou Arlindo Fernandes.

Quanto as aulas na escolas da zona rural, que ainda não haviam começado por conta das chuvas, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) divulgou que as aulas nas escolas polos iniciaram na última segunda-feira (4).

“Estamos tentando organizar o transporte escolar pra poder conseguir trazer todos os alunos até as escolas apesar de todas as dificuldades encontradas nas estradas rurais”, disse a secretária de educação Givânia Bérgamo Moratto.

Fonte: G1

Deixe o seu comentário