Mortes em rodovias federais de RO já aumentaram 57,1% em dezembro

acidenteNa primeira quinzena de dezembro de 2014, as mortes nas rodovias federais de Rondônia aumentaram 57,1%, em relação ao mesmo período de 2013. Neste ano, foram registrados 11 óbitos, contra 7 no ano anterior. Em contrapartida, o número de acidentes caiu, em 2013, foram 159, contra 99 este ano, o que representa uma redução de 15%. Houve diminuição também no registro de feridos: 104 este ano e 125 em 2013. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a PRF, as maiores tragédias nas rodovias decorrem de ultrapassagens mal sucedidas. Por isso, o principal cuidado a ser tomado é não ultrapassar se houver dúvida e somente nos trechos permitidos. Outra recomendação é manter distância segura do veículo que está à frente e, caso esteja na frente de algum caminhão, nunca frear bruscamente.

Os dados da polícia também informam que o excesso de velocidade é o principal fator contribuinte para acidentes, além de ser a variável que aumenta a gravidade das lesões e mortes no trânsito.

A polícia informou que uma parceria com órgãos de segurança pública, realizará uma série de ações na tentativa de reduzir os acidentes e mortes no trânsito nos próximos três meses que são considerados mais críticos devido ao aumento do fluxo de viagens para as festividades de fim de ano. As atividades estão previstas na Operação Integrada Rodovida (confira abaixo dicas da PRF para viagem).

Acidentes em Rondônia

Nos últimos 15 dias, o G1 noticiou acidentes com vítimas na rodovia 364, em RO. Um deles ocasionou na colisão entre um ônibus e um caminhão no quilômetro 800 da BR-364, entrada do distrito de Jaci-Paraná (RO), no dia 15 de dezembro, e resultou em uma vítima presa às ferragens.

O passageiro Wendel Vieira, que estava no ônibus relatou o acidente. Wendel classificou o episódio como ‘imprudência do motorista’. “A pista tava lisa e chovia muito. O motorista corria na curva e achava que outro carro ia entrar no acostamento, mas só reduziu por causa da curva”, reclama. O ônibus bateu em um caminhão na BR-364 e foi parar fora da pista.
,
Na BR-421, quatro pessoas morreram em um acidente de trânsito no quilômetro 55 da BR-421, em Monte Negro (RO), na tarde do diz 11 de dezembro. As vítimas estavam em um táxi que bateu de frente com uma caminhonete.

Outro acidente resultou em três pessoas mortas e duas feridas no quilômetro 825 da BR-364, próximo a Nova Mutum, distrito de Porto Velho, na manhã do dia 13 de dezembro. Entre as vítimas estava uma mulher grávida, que morreu a caminho do hospital; o bebê também faleceu. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o carro capotou e caiu em uma ribanceira às margens da pista.

Também no dia 13 de dezembro, avó e neta morreram em um acidente entre um carro e uma carreta no quilômetro 577 da BR-364, em Ariquemes (RO). Segundo a PRF, o veículo de passeio bateu de frente com a carreta, que seguia no sentido contrário da pista. A PRF acredita que a condutora do carro pode ter perdido o controle da direção e, por isso, invadiu a via oposta, mas que somente o laudo da perícia da Polícia Civil poderá dizer as reais causas do acidente.

Confira dicas da Polícia Rodoviária Federal:
– Antes de viajar, fazer a revisão no veículo. Verificar principalmente os equipamentos obrigatórios e os itens de segurança como pneus e freios.
-Evitar viajar à noite e em momentos de maior fluxo de veículos.
– Além do veículo, o condutor também precisa estar em boas condições. Por isso, durma bem no dia anterior à viagem e nunca dirija com sono. Programe paradas para descanso, principalmente à noite;
– Todos os ocupantes do veículo devem usar o cinto de segurança e as crianças devem estar em assentos especiais (cadeirinhas e assentos de elevação);
-Não dirigir após ingerir bebida alcoólica e nem aceitar carona de condutor alcoolizado;
-Motociclistas devem saber que moto é o tipo de veículo mais propenso a ter mortes e feridos entre os seus ocupantes, portanto, devem dirigir com cautela redobrada.

Fonte: G1

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA