Nomes do primeiro escalão: ​Sem novidade, Confúcio anuncia novo secretariado

confucioO governador Confúcio Moura (PMDB), foi duro e direto durante a solenidade em que anunciou os nomes da nova equipe que vai compor o primeiro escalão do estado.

Usando um tom firme, bem diferente a habitual voz serena, Confúcio disse para os que chegam e para os que permanecem nos cargos, que o plano de governo deve ser seguido e respeitado, e lembrou até aonde vai a autonomia dos secretários estaduais e presidentes de autarquia.

“Os secretários novos não pensem que vão chegar inventando moda. Temos uma agenda a cumprir e resultados para apresentar. Não tem secretaria ou autarquia entregue de porteira fechada para qualquer partido. Não adianta chega lá e dizer assim: isso aqui é meu, porque não é, é do estado”, alertou.

O governador fez questão de lembrar o desafio que foi a campanha eleitoral e quanto foi dura a vitória no segundo turno. Pediu empenho, cobrou metas, e disse que não irá pagar sozinho eventuais dívidas contraídas em razão de desvio de conduta, ou seja, escândalos administrativos.

“Nenhum secretário ou presidente de autarquia pode chamar pra sí a autonomia que não possua, recorram á procuradoria. Não queremos expor o nosso grupo a nenhum tipo de constrangimento, como ocorreu recentemente”, observou.

Quando falou de contenção de despesas, Confúcio pediu a sua equipe, atenção redobrada para os empresários que vencem licitações e não concluem as obras, aguardando sempre pelo termos aditivos. O governador voltou a mandar outro duro recado, e falou que o secretário responsável pela obra terá de convencê-lo para que autorize um pagamento extra de qualquer obra.

“Esses empresários que chegam para a fazer a obra com menos de 40% dos recursos em caixa, já entram pensando nos termos aditivos. A farra acabou. Eu não assino nenhum termo aditivo, e para faze-lo, o secretário terá que me convencer e justificar tal despesa”, adiantou o governador.

Sobre assunto, analistas políticos consultados pelo Rondonoticias acham que, em vista do ocorrido na Operação “Platéias”, Moura teria que mudar o time na sua integridade, a fim de mandar uma mensagem tanto aos opositores, quanto a Ministra Laurita Vaz.

Sobre o comentário do governador de que não há porteira fechada nas secretarias, excetuou-se apenas a SESAU, cuja indicação Raupp não abriu mão.

Confira abaixo a lista com os nomes dos novos secretários:

1) Casal Civil – Emerson Silva Castro – Titular

    Casa Civil – Vitorino Cherque – adjunto

2) SEFIN – Wagner Garcia de Freitas – titular

    SEFIN – Franco Maegaki Ono – adjunto

3) SEPOG – George Alessandro Gonçalves Braga – titular

    SEPOG – Pedro Antonio Afonso Pimentel – adjunto

4) SEAE – George Alessandro Gonçalves Braga – titular

5) SEDUC – Maria de Fatima de Oliveira – titular

    SEDUC – Marionete Sana Assunção – adjunto

6) SESAU – Williames Pimentel de Oliveira – titular

     SESAU – Luiz Eduardo Maiorquim – adjunto

7) SEDESC – Antonio Carlos dos Reis – titular

    SESDEC – Cel. Cesar Adilson Bandeira Pinheiro – adjunto

8) SEDAM – Cel. Wilson de Salles Machado – titular

     SEDAM – Francisco Sales Oliveira dos Santos – adjunto

9) SEJUS – Tenente Cel. Marcos Jose Rocha – titular10) SUGESPE – Isis Queiroz – titular

11) CMR – Gilmar de Freitas Pereira – titular

Fonte: Rondonoticias

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA