Operação Justiça Rápida realiza triagem no próximo sábado, 11, em Ji-Paraná

operacao_jsutica_rapidaA triagem da Operação Justiça Rápida acontecerá no próximo sábado (11), na Escola Estadual Juscelino Kubitschek de Oliveira em Ji-Paraná (RO), a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho. Audiências dos casos acontecem apenas no dia 18 de novembro. A operação conta com a participação do Ministério Público (MP-RO), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Defensoria Pública e juízes.

De acordo com o juiz do Juizado Especial Cível e Criminal, Maximiliano Darcy David Deitos, a operação acontece duas vezes por ano em todo estado. “Aqueles casos mais simples ou que existe a possibilidade de acordo ou conciliações, todo aquele processo que poderia se durar meses, resolvemos em apenas um dia de audiência”, explica o juiz.

Neste ano, cerca de 20 servidores do fórum devem trabalhar nos dois dias de operação. Os casos determinados pelo tribunal que poderão ser solucionados durante a operação são disputas de guarda e visitas de filhos, pensão alimentícia, reconhecimento de paternidade, divórcio consensual, reconhecimento de união estável, pequenas alterações na certidão de nascimento ou óbito e cobranças inferiores a 20 salários mínimos.

“Nós temos uma média de 50 a 60 casos e são resolvidos de 80 a 90% deles. Os que não são possíveis de serem resolvidos, no mesmo dia já é feito o encaminhamento para o Ministério Público, Defensoria ou OAB”, explica Maximiliano.

As pessoas que têm algum conflito e queiram resolver precisam se dirigir até à Escola JK, situada na Rua K5, entre a T7 e T8, no bairro São Francisco, das 8h às 18h. É necessário levar CPF, RG, comprovante de residência, certidão de nascimento ou casamento e título de crédito para que seja feita a triagem. No dia 18, na mesma escola, a partir das 8h serão realizadas as audiências de conciliação.

Fonte: G1

Deixe o seu comentário